Busca avançada
Ano de início
Entree

Utilização de microarray de DNA e SSH (suppression substractive hybridization) para a identificação de genes envolvidos na proteção dos conídios e na resposta dos germinantes a radiação UV-B nos fungo.

Processo: 06/53923-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2006
Vigência (Término): 30 de setembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Gilberto Úbida Leite Braga
Beneficiário:Everaldo dos Reis Marques
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:03/07702-9 - Abordagens genômica e proteômica para a identificação de genes e de proteínas envolvidos na tolerância à radiação solar em fungos: aplicações para o desenvolvimento de fotossensibilizadores e para a obtenção de linhagens mais tolerantes à radiação UV, AP.JP
Assunto(s):Metarhizium anisopliae   Análise de sequência com séries de oligonucleotídeos   Aspergillus nidulans

Resumo

Conídios produzidos assexuadamente são responsáveis pela reprodução, dispersão e persistência ambiental de diversas espécies de fungos. No caso específico do fungo Metarhizium anisopliae, a inativação dos conídios pela fração UV (UVA e UVB) da radiação solar é um sério obstáculo ao sucesso dos programas de controle de insetos vetores de doenças e pragas agrícolas. O fungo Aspergillus nidulans, extensamente utilizado como modelo genético, teve seu genoma totalmente sequenciado e a possibilidade de comparação entre o transcriptoma de M. anisopliae e A. nidulans possibilitará uma análise mais abrangente em relação à prevenção e proteção de danos ao material genético. A proposta desse estudo é utilizar microarrays de DNA e SSH ("Suppression Subtractive Hybridization") para identificar: (1) genes diferencialmente expressos durante a conidiogênese que possam estar envolvidos na proteção constitutiva dos conídios à radiação solar e (2) genes diferencialmente expressos nos germinantes, provenientes de conídios expostos à radiação UV que estejam envolvidos na recuperação dos danos provocados pela radiação. A identificação dos genes envolvidos na proteção constitutiva dos conídios contra a radiação solar será feita através da comparação dos transcriptomas obtidos em diferentes fases do ciclo de vida dos fungos. A expectativa é que tenhamos avanços significativos dos sistemas envolvidos em fotoproteção nestes 2 fungos. (AU)