Busca avançada
Ano de início
Entree

Atuação do enfermeiro a portadores de transtornos mentais e seus familiares em equipes do Programa Saúde da Família

Processo: 04/09865-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2005
Vigência (Término): 30 de novembro de 2005
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Social
Pesquisador responsável:Sueli Terezinha Ferrero Martin
Beneficiário:Iris Renata Vinha
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Saúde mental   Saúde pública   Transtornos mentais   Programa Saúde da Família

Resumo

O Programa Saúde da Família (PSF) tem como objetivo a descentralização hospitalar da assistência à saúde, focalizando na melhora da qualidade de vida da comunidade, não só quanto à doença já instalada, mas também nos fatores que colocam em risco a homeostasia familiar. Paralelamente ao PSF, o Ministério da Saúde normatizou o atendimento em Saúde Mental, através da portaria 224/1992, e os locais que teriam, então, o papel assistencial, seriam os Núcleos de Atendimento Psicossocial (NAPS), Centros de Atendimento Psicossocial (CAPS), com cuidado intermediário entre ambulatorial e hospitalar enfocando a integração do paciente com a comunidade e inserção social; Hospitais-Dia; Ambulatórios e Unidades Básicas, no qual se faz uma inter-relação com o principal ideal do PSF. Tanto a Reforma Psiquiátrica quanto o PSF visam a descentralização da assistência, deixando de ser hospitalar e passando a ser feita na própria comunidade, sem que o portador de transtorno mental seja retirado de seu meio social. Este estudo tem por objetivo identificar as questões relacionadas à saúde mental que surgem na prática dos profissionais de enfermagem que atuam no Programa Saúde da Família (PSF), investigando os recursos que estes utilizam para responder a essa demanda. A pesquisa será com os profissionais de enfermagem que atuam nas unidades de PSF da cidade de Botucatu. Para isso, será utilizado como instrumento de coleta de dados a entrevista semi-estruturada, a ser analisada qualitativamente. (AU)