Busca avançada
Ano de início
Entree

Um estudo da correlação entre clorofila e a reflectância de superfície estimada a partir de imagem CCD/CBERS

Processo: 07/07466-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2008
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geodésia
Pesquisador responsável:Maria de Lourdes Bueno Trindade Galo
Beneficiário:Monique Sacardo Ferreira
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Sensoriamento remoto   Clorofila   Qualidade da água

Resumo

A água como objeto de estudo do sensoriamento remoto é um alvo complexo, pois na natureza, ela pode conter diversos elementos em seu volume que apresentam respostas espectrais distintas. A presença de sedimentos, clorofila, matéria orgânica e outras substâncias, que são utilizados como parâmetros indicadores de sua qualidade, imprimem à água uma resposta espectral diferenciada. A obtenção de medições pontuais "in situ"; de variáveis da água, desde que posicionadas sobre a superfície terrestre e realizadas em número suficiente em uma região, permitem realizar a interpolação de novos valores e inferir uma distribuição geográfica regional de uma dada variável. Porém, face à freqüente a dificuldade de se obter informação espacial regional usando observações pontuais "in situ"; um esforço significativo em pesquisas tem sido direcionado para desenvolver métodos que usam o sensoriamento remoto para obter mensurações quantitativas e espaciais de importantes variáveis hidrológicas, desde que estas constituam substâncias opticamente ativas. Considerando que a clorofila, substância que permite inferir sobre a produção primária de um corpo de água, possui a propriedade de absorver e refletir radiação incidente em intervalos específicos do espectro eletromagnético, presume-se que seja possível mensurar sua concentração e correlaciona-la com sua resposta em corpos de água estimada a partir de imagens de sensores multiespectrais. Nesse contexto, o objetivo geral da presente pesquisa é especificar um procedimento metodológico que utilize um modelo estatístico desenvolvido para uma área de estudos, inserida na planície do alto Rio Paraná, e permita estimar a concentração de clorofila a partir dos valores radiométricos registrados em uma imagem CCD/CBERS, corrigidos para valores de reflectância aparente. O modelo obtido deverá ter sua consistência avaliada e permitirá inferir sobre a distribuição espacial da concentração de clorofila na área de estudos, a fim de subsidiar análises sobre a dinâmica de inundação da planície e sobre a biomassa fitoplanctônica do sistema rio-planície, objeto de projeto CT-Hidro de maior abrangência ambiental.