Busca avançada
Ano de início
Entree

Acoplamento de um sensor biomimético com um reator eletroquímico para monitoramento "on line" da degradação eletroquímica de paracetamol

Processo: 08/05899-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2008
Vigência (Término): 31 de outubro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Maria Del Pilar Taboada Sotomayor
Beneficiário:Mariana Calora Quintino de Oliveira
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Eletroanalítica   Paracetamol

Resumo

Este projeto visa o acoplamento de um sensor biomimético para determinação de paracetamol com um reator em escala piloto para degradação eletroquímica deste fármaco. O sensor e o reator previamente construídos e otimizados (anexo 1) serão acoplados entre si, através de um sistema por injeção em fluxo (FIA), o qual deverá ser primeiramente otimizado em relação a parâmetros como vazão, volume de amostra injetado, tempo de vida do sensor em fluxo, estabilidade operacional do sensor em fluxo, entre outros parâmetros. Para acoplar o sensor ao sistema FIA será empregada uma cela do tipo wall-jet apropriada para realização de medidas amperométricas, que será a técnica eletroanalítica empregada para o registro dos FIAGRAMAS correspondentes. Uma vez otimizado o sistema FIA, que envolve diretamente o sensor biomimético, este sistema em fluxo será acoplado ao reator eletroquímico que degrada paracetamol utilizando anodo de DSA-Cl2® e catodo do tipo EDG (eletrodo de difusão gasosa), cuja eficiência já foi previamente demonstrada.A escolha pelo paracetamol se baseia na grande quantidade produzida e consumida deste fármaco e cuja presença em efluentes advindos das linhas de produção de indústrias farmacêuticas já é bem reconhecida. Adicionalmente, métodos de degradação eletroquímica e monitoramento on line para este fármaco são perfeitamente viáveis e necessários, seguindo a tendência atual em direção ao desenvolvimento de tecnologias "limpas" para a despoluição e controle ambiental. Desta forma, na tentativa de comprovar a possibilidade e capacidade de sensores biomiméticos no monitoramento on line de processos de degradação eletroquímica de fármacos, inicialmente com paracetamol; o projeto aqui proposto é de grande relevância, valendo-se da eletroquímica e da eletroanalítica, para o desenvolvimento de uma área alternativa, mais simples e economicamente mais rentável para determinação, monitoramento e degradação de analitos de interesse ambiental.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
QUINTINO DE OLIVEIRA, MARIANA CALORA; TANAKA, AURO ATSUSHI; ROBERTO DE VASCONCE LOS LANZA, MARCOS; TABOADA SOTOMAYOR, MARIA DEL PILAR. Studies of the Electrochemical Degradation of Acetaminophen Using a Real-Time Biomimetic Sensor. Electroanalysis, v. 23, n. 11, p. 2616-2621, NOV 2011. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.