Busca avançada
Ano de início
Entree

Síntese de copolímeros di-bloc, constituídos de metacrilato de metila (MMA) e estireno (STy), via polimerização radicalar "viva"/ controlada (RAFT) em solução

Processo: 07/50511-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2007
Vigência (Término): 30 de abril de 2008
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Tecnologia Química
Pesquisador responsável:Amilton Martins dos Santos
Beneficiário:Eduardo de Barros Lavinas
Instituição-sede: Escola de Engenharia de Lorena (EEL). Universidade de São Paulo (USP). Lorena , SP, Brasil

Resumo

Os recentes mecanismos de polimerização via radical livre controlada, têm permitido aos pesquisadores, sintetizar copolímeros em bloco em condições menos rígidas que as das iônicas vivas. Essas novas técnicas de polimerização, entre as quais destacam-se as mediadas por agentes de transferência de cadeia reversível, via mecanismo de adição-fragmentação (RAFT - Reversible Addition-Fragmentation Chain Transfer), permitem que reações sejam conduzidas, praticamente, sob as mesmas condições das polimerizações radicatares vivas convencionais, obtendo, todavia, polímeros com arquiteturas previamente definidas, com massa molar controlada e com baixa polídispersidade. O objetivo central nesse projeto é a síntese de copolímeros di-bloco, constituídos de MMA e STY por meio de polimerizações via radical livre "viva"/controladas (RAFT), realizadas em solução. Esse processo se divide em três etapas: 1. Síntese do 2-cianopropil-2-il-ditiobenzoato (CPDB), agente RAFT ou CTA; 2. Síntese de PMMA, com diferentes massas molares, mediada pelo CPDB, via polimerização em solução; 3. Síntese de copolímeros di-bloco, de MMA e STY, utilizando PMMA como agente de controle (macro agente RAFT). (AU)