Busca avançada
Ano de início
Entree

Montagem e testes de um espectrometro de correlacao angular gama-gama perturbada com 4 detectores de baf2.

Processo: 04/13166-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2005
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2006
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Rajendra Narain Saxena
Beneficiário:Márcio Eduardo Mercúrio
Instituição-sede: Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil

Resumo

Pretende-se construir um novo espectrômetro de correlação angular gama-gama perturbada (TDPAC), para atender crescente demanda por parte dos pesquisadores e estudantes do grupo que utilizam este equipamento no Laboratório de Interações Hiperfinas (LIH) do CRPq. O espectrômetro será composto de 4 detectores de BaF2 dispostos num plano horizontal formando angulo de 90º entre cada detector. A sistema eletrônico associado a espectrômetro contem módulos eletrônicos, em sua maioria, comercialmente disponíveis com exceção de um roteador que já foi desenvolvido e construído em LIH. O espectrômetro terá capacidade para acumular 12 espectros de coincidências gama-gama atrasada simultaneamente. Os testes finais do conjunto espectrômetro-roteador serão realizados através de medidas de interação quadrupolar do 181Ta em háfnio metálico e em HfO2, do 111Cd em cádmio e em paládio e, adicionalmente, de campo hiperfino magnético do 181Ta e do 111 Cd em níquel, e do 140Ce em gadolínio. Como todos os parâmetros hiperfinos destes materiais são bem conhecidos da literatura, será possível a constatação do correto funcionamento do espectrômetro. Além disso devem ser determinados parâmetros tais como resolução no tempo do conjunto detector-sistema eletrônico, tempo morto, linearidade do ADC e eficiência global do sistema. (AU)