Busca avançada
Ano de início
Entree

Superfície respiratória das brânquias de pirarucu, Arapaima gigas, com ênfase as modificações estruturais durante a transição da respiração aquática para a respiração aérea

Processo: 04/13937-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2005
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2005
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Fisiologia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Marisa Narciso Fernandes
Beneficiário:Helen Sadauskas Henrique
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Brânquias

Resumo

A estrutura das brânquias e o mecanismo de ventilação dos peixes evoluíram de forma a obter uma alta eficiência nas trocas de gases principalmente no que se refere à absorção de O2 do meio aquático, entretanto algumas espécies utilizam órgãos acessórios para a obtenção de O2 do meio aéreo para suprir sua necessidade de O2 para o metabolismo aeróbico. Dentre os peixes que possuem respiração aérea o pirarucu, Arapaima gigas, é um dos que mais depende do ar atmosférico para a respiração. A espécie, endêmica na bacia Amazônica, tem a bexiga natatória modificada para ser utilizada como um órgão para a respiração aérea, possui respiração exclusivamente aquática nas primeiras fases de desenvolvimento e posteriormente há uma transição da respiração aquática para exclusivamente aérea o e que implica em profunda modificação na estrutura das brânquias. A proposta do presente estudo é definir quais as restrições estruturais para a respiração aquática presentes nas brânquias de pirarucu Arapaima gigas e avaliar a capacidade de difusão morfológica desde órgão de troca de gases durante o desenvolvimento, com ênfase a fase de transição entre a respiração aquática e aérea. Para isso serão determinados os volumes e as superfícies dos elementos que constituem as brânquias (filamento e lamelas) de Arapaima gigas e determinada a capacidade morfológica de difusão das brânquias de Arapaima gigas para a troca de gases. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.