Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de um método analítico para a determinação de homocisteína em sangue e urina

Processo: 96/07829-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 1997
Vigência (Término): 31 de março de 1999
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Adriana Magna
Beneficiário:Adriana Magna
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Homocisteína   Homocistina

Resumo

A alta incidência de doenças cardiovasculares prematuras está relacionada com a homocisteinúria, isto é, altas concentrações de homocisteína no sangue (maiores que 100μmoLL-1). Esta observação tem promovido uma série de estudos clínicos, na população em geral, sobre a relação entre o aumento de homocisteína em plasma e doenças cardiovasculares. A determinação de homocisteína total pode ser muito importante para o diagnóstico de doenças cardíacas e outras doenças cardiovasculares prematuras. Os métodos utilizados atualmente são baseados em cromatografia gasosa ou líquida, sendo relativamente trabalhosos e demorados para análise de rotina. O presente trabalho tem por objetivo desenvolver um método simples para análise de rotina de homocisteína em sangue e urina. (AU)