Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de um sistema de manuseio pós-colheita de morango com hidrorresfriamento, sanitização e classificação

Processo: 10/05071-5
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de agosto de 2010
Vigência (Término): 31 de julho de 2011
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Angelo Pedro Jacomino
Beneficiário:Angelo Pedro Jacomino
Pesquisador Anfitrião: Steven Alonzo Sargent
Instituição Sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of Florida, Gainesville (UF), Estados Unidos  
Assunto(s):Fisiologia pós-colheita   Pós-colheita   Resfriamento   Sanitizantes   Morango
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Classificação | hidrorresfriamento | morango | pós-colheita | sanitização | Fisiologia e Tecnologia Pós-colheita

Resumo

O morango constitui-se numa cultura de alto valor comercial com a demanda de consumo elevada, tanto nos EUA quanto no Brasil. No entanto, é uma fruta bastante suscetível aos danos mecânicos, o que levou os produtores dos EUA a adotarem o sistema de embalagem no campo. Os frutos vão da planta diretamente para a embalagem de varejo. Como resultado, produtores estão limitados à venda de um único produto, sem classificações, que atende minimamente às exigências de qualidade. Além disso, os morangos não são sanitizados. Embora os produtores de morango da Flórida recebam os preços mais elevados dos EUA, pelo fato de produzirem na entressafra, estes poderiam aumentar ainda mais suas vendas no mercado norte-americano inserindo valores agregados complementares ao seu produto. Há um grande potencial para adotar novos métodos e tecnologias que permitam aos produtores da Flórida realizar a embalagem dos frutos em uma instalação central. Isto eliminaria o processo de embalagem no campo e permitiria aos produtores classificar e embalar morangos em vários e novos tipos de embalagens, ampliando as vendas para atender nichos de mercado que exigem produtos inovadores. Este projeto propõe avaliar, em morangos, o uso da tecnologia de resfriamento a água, atualmente empregada em outras espécies tão delicadas quanto o morango. Testes preliminares realizados pela Universidade da Flórida têm demonstrado que os morangos podem ser rapidamente resfriados pela imersão em água gelada (hydrocooling), com manutenção de alta qualidade após a colheita, em substituição ao ar forçado que é o método usado atualmente. Também será estudado um sistema integrado de manuseio em água (hydrohandling) o qual permitirá que os morangos sejam lavados, sanitizados e resfriados antes de ser embalados, o que permitirá aos produtores americanos melhorar seus programas de Boas Práticas Agrícolas. Os resultados deste trabalho também poderão ser utilizados total ou parcialmente por produtores brasileiros, no futuro. Além disso, se esta técnica se mostrar viável, representará uma quebra de paradigmas para esta cultura, uma vez que atualmente não se concebe qualquer molhamento nos morangos após a colheita. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)