Busca avançada
Ano de início
Entree


Enriquecimento antigênico de linhagens tumorais: estratégia para abordagens imunoterapêuticas personalizadas.

Texto completo
Autor(es):
Mariana Pereira Pinho
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: São Paulo.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Ciências Biomédicas
Data de defesa:
Membros da banca:
Jose Alexandre Marzagao Barbuto; Niels Olsen Saraiva Câmara; Roger Chammas
Orientador: Jose Alexandre Marzagao Barbuto
Resumo

Células dendríticas (DCs) são células apresentadoras de antígenos usadas em estratégias imunoterapêuticas, como as que utilizam híbridos de DCs e células tumorais. Este projeto avaliou a possibilidade de utilizar, como parceiro de fusão das DCs, células de linhagem tumoral previamente transfectadas com mRNA amplificado de células tumorais contra as quais se pretende induzir resposta. Os híbridos foram capazes de induzir uma resposta antígeno-específica e foi possível enriquecer uma célula com antígenos de outra, uma vez que células transfectadas passaram a apresentar mRNAs da célula doadora, e expressar GFP quando a célula doadora era positiva para GFP. Foi possível amplificar integralmente o mRNA para GFP e amplificar os mRNAs de uma célula, gerando um material contendo mRNAs do preparado inicial mas incapaz de aumentar a expressão das moléculas avaliadas nas células transfectadas, mostrando que o protocolo ainda precisa ser aperfeiçoado. Em conjunto, os resultados mostraram que a estratégia de imunoterapia aqui explorada é promissora e merece maior investigação. (AU)

Processo FAPESP: 12/10939-0 - Enriquecimento antigênico de linhagens tumorais: estratégia para abordagens imunoterapêuticas personalizadas.
Beneficiário:Mariana Pereira Pinho
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado