Busca avançada
Ano de início
Entree


Efeito da hCG ou deslorelina sobre a hemodinâmica folicular e perfil endogeno de LH em éguas cíclicas

Texto completo
Autor(es):
Yatta Linhares Boakari
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia.
Data de defesa:
Membros da banca:
Fabiana Ferreira de Souza; Fernanda Saules Ignácio; Sony Dimas Bicudo; Claudia Barbosa Fernandes
Orientador: Cezinande de Meira
Resumo

A indução da ovulação após o tratamento com hCG e análogos de GnRH, como a deslorelina, ocorrem por mecanismos distintos. Por sua vez, é possível que estes tratamentos acarretem alterações na perfusão vascular folicular durante o período pré-ovulatório. Desta forma, a ultrassonografia colorida Doppler apresenta potencial para ser utilizada como ferramenta na avaliação em tempo real do potencial ovulatório de folículos em éguas. Os objetivos principais deste trabalho foram avaliar as alterações na perfusão vascular folicular (PVF) após o uso de hormônios indutores da ovulação e sua relação temporal com o perfil plasmático de LH. Além de avaliar se a PVF pode ser utilizada para indicar a proximidade da ovulação. Ciclos estrais de éguas foram aleatoriamente divididos em três grupos experimentais: grupo GnRH, grupo hCG e grupo controle (n=10 éguas/grupo). Tratamentos foram realizados na presença de folículo com diâmetro ≥35mm associado à edema uterino. O momento imediatamente antes do tratamento foi considerado H0. Colheita de sangue e exame ultrassonográfico Doppler função power-flow do folículo dominante foram realizados para avaliar, respectivamente, a concentração plasmática de LH e a perfusão vascular folicular (PVF). Os parâmetros foram avaliados de hora em hora entre os intervalos H0-H12 e a cada seis horas da H12 até H30. Adicionalmente, os grupos GnRH e hCG foram acompanhados a cada hora a partir da H30 até a detecção da ovulação ou até H48. Já no grupo controle, foi realizada ultrassonografia modo-B a cada seis horas após H30 e ao se detectar características indicativas da proximidade de ovulação a US Doppler foi realizada de hora em hora até detecção da ovulação. O grupo controle apresentou um intervalo mais longo até à ovulação (P < 0,0001). Efeito de grupo (P < 0.05) foi detectado para PVF. Animais do grupo GnRH apresentaram maior PVF (P < 0.05) média quando ... (AU)

Processo FAPESP: 12/11117-3 - Efeito do tratamento indutor de ovulação com hCG ou deslorelina sobre a hemodinâmica folicular e perfil endógeno de LH em éguas cíclicas
Beneficiário:Yatta Linhares Boakari
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado