Busca avançada
Ano de início
Entree


Anatomia e morfologia do sistema nervoso do diplópodo Gymnostreptus olivaceus (Spirostreptida, Spirostreptidae) e avaliação dos efeitos do inseticida deltametrina neste sistema

Texto completo
Autor(es):
Annelise Francisco
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Rio Claro).
Data de defesa:
Membros da banca:
Elaine Cristina Mathias da Silva Zacarin; Thaisa Cristina Roat
Orientador: Orientadora: Carmem Silvia Fontanetti Christofoletti; Coorientadora: Roberta Cornélio Ferreira Nocelli
Resumo

Os diplópodos configuram-se como organismos do solo ecologicamente importantes, mas também como espécies economicamente ameaçadoras em áreas rurais e urbanas quando ocorrem explosões populacionais; assim tais organismos configuram-se ora como alvo ora como vítima da ação de agroquímicos. Nesse sentido, alguns inseticidas, tal como a deltametrina, têm sido aplicados com o intuito de controlar a invasão de diplópodos nas residências. Tal inseticida é genericamente caracterizado por ter ação no sistema nervoso, no entanto, os efeitos deste sobre diplópodos ainda não foram analisados. Adicionalmente, existem poucos estudos sobre a morfologia e estrutura do sistema nervoso de diplópodos. Sendo assim, o presente trabalho objetivou primeiramente elucidar a anatomia e morfologia do sistema nervoso da espécie Gymnostreptus olivaceus por meio da observação durante a dissecção em estereomicroscópio e de análise histológica, histoquímica e citoquímica. Observou-se que o sistema nervoso dessa espécie é composto por um cérebro e um cordão nervoso, envolvidos por perineuro, lamela neural e mais externamente por um envoltório celular externo que foi descrito pela primeira vez em Diplopoda. Foram descritos os detalhes histológicos observados em cada estrutura que compõe o sistema nervoso da espécie. Além disso, uma formulação comercial do inseticida deltametrina foi aplicada com o intuito de avaliar a efetividade da utilização popular de tal inseticida no combate a infestações de diplópodos. Para a observação de efeitos neurotóxicos causados pelo inseticida foi utilizada a marcação de sinapsina avaliada por microscopia confocal. Foram aplicadas topicamente em indivíduos da espécie G. olivaceus, quatro concentrações de deltametrina; a menor concentração baseou-se nas recomendações do fabricante para o combate de outros artrópodes, enquanto as demais concentrações corresponderam a um quinto da DL50... (AU)

Processo FAPESP: 12/24562-5 - Anatomia e morfologia do sistema nervoso do diplópodo Gymnostreptus olivaceus (Diplopoda, Spirostreptidae) e avaliação dos efeitos do inseticida deltametrina neste sistema.
Beneficiário:Annelise Francisco
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado