Busca avançada
Ano de início
Entree


Prospecção de genes de Burkholderia seminalis TC3.4.2R3 com potencial para biocontrole.

Texto completo
Autor(es):
Emy Tiyo Mano
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: São Paulo.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Ciências Biomédicas
Data de defesa:
Membros da banca:
Welington Luiz de Araujo; João Lucio de Azevedo; Gabriel Padilla Maldonado; Manuella Nóbrega Dourado Ribeiro; Aline Maria da Silva
Orientador: Welington Luiz de Araujo
Resumo

O gênero Burkholderia é composto por bactérias de elevada diversidade fisiológica e genética, sendo alvo para uma série de aplicações biotecnológicas. A linhagem Burkholderia seminalis TC3.4.2R3 foi capaz de controlar fungos e bactérias patogênicas, bem como produzir antibióticos. A análise de perfil fisiológico da planta hospedeira indica que não há a elicitação de respostas de defesa no controle dos sintomas da podridão mole por B. seminalis. Foi observado que o sucesso do controle depende do contato direto do agente de biocontrole e o patógeno B. gladioli, e que B. seminalis possui atividade antimicrobiana in vitro contra com a formação de um halo de inibição e redução de 40% da densidade de B. gladioli em co-cultura líquida com B. seminalis. A análise do mutante M01 defectivo no controle da podridão mole, que apresenta a região intergênica da patatina-ferritina nocauteada pelo transposon, não mostrou diferenças significativas comparado ao isolado selvagem para os mesmos ensaios. (AU)

Processo FAPESP: 11/11271-0 - Prospecção, clonagem e expressão de genes de Burkholderia SP. com potencial para o controle de fitopatógenos
Beneficiário:Emy Tiyo Mano
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado