Busca avançada
Ano de início
Entree


Entre a implantação e a aclimatação: o cultivo de jardins públicos no Brasil nos séculos XIX e XX

Texto completo
Autor(es):
Aline de Figueirôa Silva
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: São Paulo.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU/SBI)
Data de defesa:
Membros da banca:
Hugo Massaki Segawa; Vladimir Bartalini; Paulo César Garcez Marins; Eneida Maria Souza Mendonça; Heliana Angotti Salgueiro
Orientador: Hugo Massaki Segawa
Resumo

Esta tese examina o processo de implantação de jardins públicos no Brasil entre o final do século XIX e início do XX, buscando identificar soluções de aclimatação das matrizes paisagísticas estrangeiras ao contexto cultural, social e geográfico do país. O trabalho toma como objeto de estudo os jardins das cidades do Recife, Fortaleza e João Pessoa e os analisa a partir de quatro variáveis - seus nomes, usos, elementos naturais e equipamentos -, privilegiando fontes documentais, relatos de cronistas e memorialistas e levantamento in loco, em diálogo com a historiografia do paisagismo. Assim, a tese evidencia que o cultivo de jardins públicos no Brasil refletiu ritmos e modos diversos de interpretação dos conceitos e elementos formais dos jardins estrangeiros frente a circunstâncias locais, como preexistências arquitetônicas e urbanísticas; recursos naturais, materiais e tecnológicos; usos; aspectos climáticos e terminológicos. (AU)