Busca avançada
Ano de início
Entree


Produção enzimática de N-acetil-glicosamina por Aeromonas sp. isolada do ecossistema marinho.

Texto completo
Autor(es):
Flávio Augusto Cardozo
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: São Paulo.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Ciências Biomédicas
Data de defesa:
Membros da banca:
Adalberto Pessoa Junior; Welington Luiz de Araujo; Ricardo Pinheiro de Souza Oliveira; Elisabete Jose Vicente; Carlota de Oliveira Rangel Yagui
Orientador: Adalberto Pessoa Junior
Resumo

N-acetil-glucosamina é um composto de importância biotecnológica com grande potencial de aplicação nas áreas de farmácia, medicina e dermatologia. É atualmente produzido pela hidrólise química da quitina, o polissacarideo mais abundante no ambiente marinho e o principal constituinte do exoesqueleto dos artrópodes. No entanto, os processos geralmente utilizados são prejudiciais ao meio ambiente, têm baixo rendimento e alto custo. Este estudo demonstra um dos mais eficientes processos de produção enzimática de N-acetil-glucosamina a partir de -quitina utilizando quitinases bacterianas como uma alternativa sustentável aos processos atuais e isolados de A. caviae com grande potencial para produção de quitinases e derivados de quitina. (AU)

Processo FAPESP: 12/16824-0 - Produção enzimática de N-acetil-glicosamina por Aeromonas SP. isolada do ecossistema marinho
Beneficiário:Flávio Augusto Cardozo
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado