Busca avançada
Ano de início
Entree


Procedimento para retrofit do desempenho termoenergético de edifícios de ensino através da aplicação de estratégias passivas de condicionamento

Autor(es):
Luciana Oliveira Fernandes
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Instituição: Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo
Data de defesa:
Membros da banca:
Alberto Luiz Francato; Doris Catharine Cornelie Knatz Kowaltowski; Alberto Hernandez Neto; Joana Carla Soares Gonçalves
Orientador: Lucila Chebel Labaki
Resumo

O retrofit é uma estratégia importante para adequação de edifícios existentes às normas de desempenho vigentes. Ele também pode proporcionar maior qualidade ambiental dos espaços e aumentar a vida útil do edifício. O objetivo desta pesquisa é desenvolver um procedimento de análise de desempenho de estratégias de retrofit considerando o consumo de energia e o conforto térmico. As técnicas passivas de condicionamento podem trazer benefícios para o desempenho térmico e energético dos edifícios. Esta contribuição, para projetos de retrofit, será investigada. Parte-se da hipótese de que estratégias passivas possam ser vantajosas em processos de retrofit e de que seja viável a aplicação de um procedimento simplificado para análise comparativa dessas estratégias reunindo aspectos térmicos e energéticos. O tema retrofit está mais consolidado em países europeus e nos Estados Unidos. No Brasil vem ganhando espaço recentemente em publicações especializadas. A necessidade de ações de retrofit em edifícios de ensino no Brasil é uma consequência de um antigo e vasto parque edificado e de novas normas de desempenho. Entretanto, o foco dessas normas é o consumo de energia, sem uma avaliação detalhada do desempenho térmico para os ocupantes dos edifícios. Para o desenvolvimento desta pesquisa um objeto de estudo foi escolhido para aplicação do procedimento proposto. O edifício está localizado no campus da Universidade Estadual de Campinas, em Campinas/SP. Dados de consumo total de energia e de temperatura e umidade de salas foram monitorados. O programa de simulação EnergyPlus foi utilizado para estimar o desempenho do edifício e o das estratégias passivas: uso de dimmers e persianas automatizadas, chaminé térmica, ventilação natural noturna e diurna. Uma sistemática de estudo de retrofit foi desenvolvida, considerando aspectos térmicos e energéticos para escolha das estratégias e explorando os benefícios de técnicas passivas. Para o caso estudado não foi obtido melhoria no desconforto térmico durante o verão, devido às altas taxas de umidade. No entanto, o aproveitamento da luz natural e a ventilação diurna proporcionaram economias de 16% no consumo energético com iluminação e de 15% com resfriamento, respectivamente. A aplicabilidade do procedimento proposto, que conta com uma maneira simplificada de visualização dos resultados em um único gráfico, foi demonstrada. A pesquisa também contribuiu com uma metodologia para calibração de modelo computacional de edifício operado em modo misto. Trabalhos futuros poderão incluir no escopo do procedimento: a avaliação de custos de implantação e manutenção das estratégias de retrofit, tempo de retorno do investimento e a economia de energia proporcionada. (AU)

Processo FAPESP: 12/23661-0 - Edifícios públicos institucionais - Metodologia para avaliação da viabilidade de retrofit para etiquetagem.
Beneficiário:Luciana Oliveira Fernandes
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado