Busca avançada
Ano de início
Entree


Desvelar a politica na periferia: historias de movimentos sociais em São Paulo

Texto completo
Autor(es):
Gabriel de Santis Feltran
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: Campinas, SP.
Instituição: Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Filosofia e Ciências Humanas
Data de defesa:
Membros da banca:
Evelina Dagnino; Maria Sueli Kofes; Maria Célia Pinheiro Machado Paoli; Valeriano Mendes Ferreira Costa
Orientador: Evelina Dagnino
Resumo

A presente dissertação é organizada a partir de algumas histórias do cotidiano da periferia da Região Metropolitana de São Paulo, desde as quais procuro pela política, bem como pelas implicações que as disputas atuais em torno dos significados desse conceito trazem para os movimentos sociais. Parto do pressuposto de que os movimentos sociais sempre lutaram para figurarem-se como sujeitos políticos e que portanto a política está na base das noções renovadas de direitos, cidadania e democracia que pretendem formular. O objetivo do trabalho foi buscar análises que caracterizassem, o quanto possível, como esses conceitos aparecem nos casos estudados hoje, desde as concepções de mundo que as lideranças dos movimentos e os moradores dos locais em que atuam carregam, que se delineiam pelas experiências de que são sujeitos. São estudados, para isso, o Mutirão r de Maio, um loteamento popular recente, situado em Carapicuíba, município da Zona Oeste da Região Metropolitana; e o Movimento de Defesa do Favelado, que atua na Zona Leste da capital há mais de 20 anos, em prol dos favelados. O trabalho, conduzido numa abordagem qualitativa e tendo como referencial teórico o pensamento de Hannah Arendt, de um lado verifica o declínio recente de um campo propriamente político que ofereça plausibilidade à vida e estatuto político às lutas dos moradores das periferias urbanas, e de outro procura, nos trânsitos e tensões entre as diferentes esferas de atuação e racional idades políticas presentes nos movimentos, pistas que informem sobre sua contribuição atual para a construção democrática (AU)

Processo FAPESP: 01/06933-1 - Movimentos comunitários e cultura democrática: a política no cotidiano. experiências do movimento de defesa do favelado e do mutirão primeiro de maio na Região Metropolitana de São Paulo
Beneficiário:Gabriel de Santis Feltran
Modalidade de apoio: Bolsas no Brasil - Mestrado