Busca avançada
Ano de início
Entree


Alvarenga Peixoto e(m) seu tempo

Texto completo
Autor(es):
Caio Cesar Esteves de Souza
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: São Paulo.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Data de defesa:
Membros da banca:
Joao Adolfo Hansen; Cilaine Alves Cunha; Joaci Pereira Furtado; Adma Fadul Muhana
Orientador: Joao Adolfo Hansen
Resumo

Este trabalho propõe uma reflexão (auto)crítica sobre a poesia atribuída ao poeta luso-brasileiro Inácio José de Alvarenga Peixoto (1744-1792). Para a realização dessa reflexão, discute-se testemunhos significativos da fortuna crítica desse autor desde o século XIX até os dias atuais, com o objetivo de compreender a leitura hegemônica dessa poesia. Em seguida, propõe-se uma breve reflexão sobre os pressupostos filológicos que regraram as edições realizadas desse corpus poético nos últimos dois séculos, com o intuito de demonstrar as suas limitações e algumas de suas implicações problemáticas à atividade da crítica literária. Propõe-se, também, a necessidade de reconhecer os textos que compõem esse corpus poético como uma alteridade, e de valorizar a sua materialidade, a despeito da progressiva desmaterialização do conceito de obra que se faz notar na atividade da crítica romântica e da filologia de base neolachmanniana. Por fim, mobiliza-se os resultados das reflexões realizadas para a produção de uma reedição desses poemas. Essa reedição é produzida a partir de critérios cumulativos, negando a pertinência do processo de seleção de variantes autorizadas por meio da colagem de testemunhos para reconstruir um texto genuíno que expresse a última vontade autoral. De modo geral, este trabalho busca, acima de tudo, conferir à materialidade dos poemas atribuídos a Alvarenga Peixoto uma posição central no debate sobre essas produções coloniais setecentistas. (AU)

Processo FAPESP: 14/26266-0 - Alvarenga Peixoto e(m) seu tempo
Beneficiário:Caio Cesar Esteves de Souza
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado