Busca avançada
Ano de início
Entree


Altura do pasto e suplementação na recria de tourinhos e efeitos sobre a terminação

Texto completo
Autor(es):
Rondineli Pavezzi Barbero
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias.
Data de defesa:
Membros da banca:
João Maurício Bueno Vendramini; Marco Antonio Alvares Balsalobre; Telma Teresinha Berchielli; Flávio Dutra de Resende
Orientador: Euclides Braga Malheiros; Ricardo Andrade Reis
Resumo

Foi avaliado o efeito da altura do pasto do capim Marandu, e da combinação de alturas crescentes de pastejo com doses decrescentes de suplemento para tourinhos de corte na estação chuvosa, sobre o ganho médio diário (GMD), ganho de peso corporal (PC) por hectare (GPH) e emissões de metano (CH4). Na recria durante a estação chuvosa, foram utilizados 108 tourinhos da raça Nelore em dois experimentos, cada um com três tratamentos, e três repetições (piquetes) por tratamento (n = 9). Exp. 1: Foram avaliadas as alturas de pastejo 15; 25 e 35 cm. Exp. 2: (1) altura baixa do pasto (15 cm) e suplementação alta (0,6 % do PC) (ABSA), (2) altura moderada do pasto (25 cm) e suplementação moderada (0,3 % PC) (AMSM) ou (3) altura alta do pasto (35 cm) mistura mineral (AAMM). O delineamento experimental foi inteiramente casualizado. No Exp. 1, o GMD aumentou linearmente (P = 0,02), o contrário do observado no GPH (P < 0,001), e não houve alteração na emissão CH4/animal/dia (P = 0,64). No Exp. 2, o tratamento ABSA apresentou maior GPH (P < 0,01) sem alterar o GMD (P = 0,14), menor emissão de CH4/animal/dia (P < 0,01), CH4/energia metabolizável consumida (P = 0,002) e CH4/GMD (P < 0,01). Na estação seca, foi investigada a influência do sistema de recria sobre o GMD, PC final, peso e rendimento de carcaça na terminação em pastagens com suplementação (1 kg/100kg PC) (n = 9), ou confinamento (unidade experimental = animais em baias individuais; n = 27). As variáveis estudadas não foram alteradas pelo sistema de recria (P ≥ 0,09) em ambos os sistemas de terminação na estação seca. A exploração dos recursos forrageiros na recria durante a estação chuvosa permitiu maior eficiência comparada com ambos sistemas de terminação, com maior parcela do peso corporal adquirido até o abate, demandando menores desembolsos com suplementos. Os sistemas de recria avaliados podem ser usados... (AU)

Processo FAPESP: 12/14956-6 - Impactos produtivos, ambientais e econômicos de estratégias de suplementação da dieta de bovinos de corte sob alturas de pastejo e estratégias de terminação
Beneficiário:Rondineli Pavezzi Barbero
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado