Busca avançada
Ano de início
Entree


Arthur Poerner entre estudantes e intelectuais (1965-1968) : representações intelectuais no jornal Folha da Semana e no livro O Poder Jovem

Texto completo
Autor(es):
Thiago Bicudo Castro
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Instituição: Universidade Estadual Paulista (Unesp) Faculdade de Filosofia e Ciências
Data de defesa:
Orientador: Rodrigo Czajka
Resumo

Em circulação entre os anos de 1965 e 1966, o jornal Folha da Semana teve um papel fundamental na articulação de inúmeros núcleos intelectuais e artistas dispersos pelo golpe em 1964. Um periódico que possibilitou a visibilidade de inúmeras questões referentes à organização da produção cultural das esquerdas intelectualizadas no processo de constituição da chamada "hegemonia cultural de esquerda", no momento de recrudescimento da repressão militar na década de 1960. Muito embora este jornal não tivesse uma ampla inserção num espaço público de debates nem a visibilidade, da qual gozavam as casas editoriais, como a Revista Civilização Brasileira, é importante situá-lo como uma das organizações que trabalhavam em função da divulgação cultural e da contestação ao regime, portanto inserido numa rede de intelectuais e organizações oposicionistas, que produziam e reproduziam representações intelectuais sobre o mundo e sobre si mesmas. Estas representações pautaram, nos anos 1960, parte das discussões nos campos da cultura e da política, haja vista o exemplo que nos oferece o objeto desta pesquisa, o jornalista Arthur Poerner, que promoveu tais representações tanto em seu reconhecido livro sobre a história do movimento estudantil brasileiro O Poder Jovem quanto no período em que esteve à frente do jornal Folha da Semana. (AU)

Processo FAPESP: 13/20677-5 - O jornal Folha da Semana e as representações intelectuais durante a ditadura militar no Brasil.
Beneficiário:Thiago Bicudo Castro
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado