Busca avançada
Ano de início
Entree


Estudo do nível de infecção por Babesia bovis e Babesia bigemina em bovinos da raça Canchim naturalmente infestados com o carrapato Rhipicephalus (Boophilus) microplus

Texto completo
Autor(es):
Talita Barban Bilhassi
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias.
Data de defesa:
Membros da banca:
Marcos Rogério André; Janete Aparecida Desidério; Wilson Malago Junior; Fernanda de Freitas Anibal
Orientador: Henrique Nunes Oliveira; Márcia Cristina de Sena Oliveira
Resumo

Entre as principais causas de perdas produtivas em bovinos criados nos trópicos está a infestação pelo carrapato Rhipicephalus (Boophilus) microplus e, consequentemente, dos hemoparasitas transmitidos por ele. A resistência dos zebuínos e de animais cruzados com raças taurinas à infestação por esse ácaro é amplamente conhecida. Entretanto, no que se refere à suscetibilidade às babesioses bovinas, existem evidências de que o grupo genético também pode interferir na resistência, seguindo o mesmo padrão observado para o carrapato vetor, com os taurinos apresentando maior sensibilidade. Assim, este estudo teve por objetivo avaliar a parasitemia porBabesia bovis e Babesia bigemina em 50 novilhas da raça Canchim ( Charolês + Zebu) naturalmente infestadas pelo R. (B.) microplus nas quatro estações do ano durante 24 meses, além de caracterizar o perfil de citocinas que podem estar associados ao fenótipo de resistência e suscetibilidade aos hemoparasitas do gênero Babesia spp. Foram realizadas contagens de fêmeas adultas de carrapatos com tamanho igual ou superior a 4,5 mm de diâmetro, presentes no lado esquerdo de cada bovino. As amostras de DNA extraídas foram submetidas à amplificação por meio da Reação em Cadeia daPolimerase Quantitativa em Tempo Real (qPCR), utilizando iniciadores que flanqueiam fragmentos dos genes mitocondriais do citocromo b (mt-cyt B), específicos para B. bovis e B. bigemina. O RNA extraído do sangue, foi usado para sintetizar o DNA complementar (cDNA) ... (AU)

Processo FAPESP: 13/16246-9 - ESTUDO DO NÍVEL DE INFECÇÃO POR Babesia bovis E Babesia bigemina EM BOVINOS DA RAÇA CANCHIM NATURALMENTE INFESTADOS COM O CARRAPATO Rhipicephalus (Boophilus) microplus
Beneficiário:Talita Barban Bilhassi
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado