Busca avançada
Ano de início
Entree


Controle cardiovascular autonômico e metabolismo em embriões de lagartos (Reptilia; Lepidosauria)

Texto completo
Autor(es):
Marina Rincon Sartori
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Rio Claro).
Data de defesa:
Membros da banca:
José Eduardo de Carvalho; Wilfred Klein; Ana Lucia Kalinin; Luiz Henrique Florindo
Orientador: Augusto Shinya Abe
Resumo

Durante o desenvolvimento embrionário de répteis ocorrem mudanças em relação à demanda de oxigênio, devido à contínua formação de tecidos e crescimento do embrião. Além disso, os ovos de répteis estão sujeitos a variações ambientais, como mudanças de temperatura, que influenciam diretamente as taxas de processos fisiológicos do embrião. Estudos indicam que, em geral, sob temperatura constante, o consumo de oxigênio aumenta ao longo do período embrionário em três padrões distintos dentre os répteis: exponencial, sigmoidal e em pico. Desta forma, ajustes cardiovasculares devem acompanhar essas mudanças do padrão metabólico, compatibilizando a oferta de oxigênio à demanda necessária para cada estágio do desenvolvimento. Em adultos, uma das formas de se adequar o provimento de oxigênio pelo sistema circulatório ocorre através do controle neural do coração, via sistema autônomo simpático e parassimpático. O controle autonômico induz a aceleração ou diminuição da frequência cardíaca (fH), através dos neurotransmissores, resultando no aumento ou diminuição da oferta de oxigênio aos tecidos. No entanto, no embrião, o sistema nervoso ainda não está completamente formado e os mecanismos de regulação utilizados são pouco conhecidos nos répteis. Dessa forma, neste projeto procuramos determinar o padrão de metabolismo (VO2) e fH em embriões do lagarto iguana, Iguana iguana. Foi também estudada a relação entre o VO2 e a fH durante a fase embrionária e os efeitos cronotrópicos da temperatu... (AU)

Processo FAPESP: 12/16537-0 - Controle cardiovascular autonômico e metabolismo em embriões lagartos (Reptilia; Lepidosauria)
Beneficiário:Marina Rincon Sartori
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado