Busca avançada
Ano de início
Entree


A figura humana no cinema: matéria, desejo e comunidade

Texto completo
Autor(es):
Edson Pereira da Costa Júnior
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: São Paulo.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Escola de Comunicações e Artes
Data de defesa:
Membros da banca:
Cristian da Silva Borges; Sonia Salzstein Goldberg; Pedro Maciel Guimaraes Junior; Carlos Adriano Jeronimo de Rosa; Mateus Araújo Silva
Orientador: Cristian da Silva Borges
Resumo

O corpo no cinema está associado a uma ausência. A imagem apresenta um ser humano filmado em outro espaço, outro tempo. O contraste evidente é com o teatro, a dança e a performance, artes nas quais o espectador geralmente está diante de um corpo físico. Surge, então, um questionamento: seria possível, e em que termos, falar de uma materialidade da figura humana cinematográfica? A tese esboça uma resposta ao investigar os modos de presença do corpo, com ênfase em sua forma plástica, seu desejo e sua dimensão coletiva. O debate tem como eixo filmes de Philippe Grandrieux, Tsai Ming-liang, João Pedro Rodrigues, Claire Denis e Pedro Costa. A obra destes realizadores é discutida em cotejo com um heterogêneo repertório iconográfico, sobretudo fílmico e pictórico. A hipótese defendida é a de que a gênese, o significado e a pregnância da figura humana são dependentes de um tipo de circularidade manifesta na imagem cinematográfica, seja por sua natureza plástica, seja pela rede de interação entre corpos, seres inanimados e espaços. (AU)

Processo FAPESP: 14/09365-4 - A invenção do corpo: gênese e retórica da figura humana no cinema
Beneficiário:Edson Pereira da Costa Júnior
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado