Busca avançada
Ano de início
Entree


Evolução da expressão gênica em Calliphoridae (Diptera, Calyptratae): um modelo para o estudo do hábito de parasitismo

Texto completo
Autor(es):
Gisele Antoniazzi Cardoso
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: São Paulo.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Biociências
Data de defesa:
Membros da banca:
Tatiana Teixeira Torres; Rodrigo Cogni; Ana Claudia Lessinger; Diogo Meyer
Orientador: Tatiana Teixeira Torres
Resumo

Espécies muito próximas da família Calliphoridae apresentam hábitos alimentares muito distintos, como alimentação em tecido de um hospedeiro vivo (parasitismo obrigatório) e alimentação em matéria orgânica em decomposição (necro-saprofagia). As origens evolu-tivas do hábito de parasitismo nesta família ainda são desconhecidas. No entanto, o que a torna ideal para o estudo da evolução do hábito alimentar é o aparecimento do parasitis-mo obrigatório em pelo menos três ocasiões independentes em sua história. Neste traba-lho, foram utilizados métodos para entender a evolução do parasitismo obrigatório assim como os genes envolvidos em três diferentes hábitos alimentares. O primeiro passo foi a inferência do hábito ancestral de Calliphoridae. Com o mapeamento de caracteres na filo-genia da família, o hábito ancestral mais provável seria a necro-saprofagia e o parasitismo obrigatório teria surgido posteriormente (independentemente do parasitismo facultati-vo). Ensaios de escolha com fêmeas permitiram a classificação precisa das espécies quan-to ao hábito alimentar. Ensaios com as larvas mostraram que tanto espécies necro-saprófagas como parasitas facultativas se alimentam tanto de carne em decomposição como carne fresca. Por outro lado, a espécie parasita obrigatória Co. hominivorax, apresentou um comportamento aversivo pela carne em decomposição e se desenvolveu somente na carne fresca. Esses resultados permitiram a formulação da hipótese de que o parasitismo tenha surgido a partir de uma mudança da atração das fêmeas pelos substra-tos para oviposição, seguida da especialização da larva parasita. A busca dos genes envol-vidos nos diferentes hábitos foi realizada por meio da análise de expressão gênica dife-rencial em dados de RNA-seq gerados para seis califorídeos. No total, foram encontrados 230 potenciais genes candidatos para investigação futura. Além disso, o padrão geral observado indicou que variações tanto nas regiões regulatórias como codificadoras, sofrem a ação predominante de seleção purificadora (AU)

Processo FAPESP: 14/01600-4 - Evolução da expressão gênica na família Calliphoridae: um modelo para o estudo do hábito alimentar
Beneficiário:Gisele Antoniazzi Cardoso
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado