Busca avançada
Ano de início
Entree


As crises da relação sociedade-natureza: um diálogo em busca das (re)conexões

Texto completo
Autor(es):
Jéssica de Sousa Baldassarini
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: Presidente Prudente. 2021-04-12.
Instituição: Universidade Estadual Paulista (Unesp). Faculdade de Ciências e Tecnologia. Presidente Prudente
Data de defesa:
Orientador: João Osvaldo Rodrigues Nunes
Resumo

A crise da relação sociedade-natureza tem se consolidado como uma das maiores problemáticas da civilização moderna, enquanto expressão das contradições inerentes a este modelo de sociedade. Neste trabalho, esta crise será abordada em sua relação com outras crises, que são: a do paradigma científico (articulada com uma concepção socialmente construída de natureza, vinculada com o modelo de pensamento hegemônico da modernidade), a ecológica (enquanto expressão do modo de produção, apropriação e exploração capitalista da natureza e da sociedade) e a agrária (por meio de um modelo agrícola insustentável e excludente que tem reproduzido os padrões coloniais de exploração e dominação). Por fim, também é abordado como estes padrões estiveram intrínsecos ao processo de colonização da América Latina, enquanto aspectos estruturantes de uma colonialidade da relação sociedade-natureza. Assim, a pesquisa tem como objetivo entender como a crise da relação sociedade-natureza se articula com outras crises intrínsecas com o modelo de sociedade moderna e de como o diálogo entre perspectivas descoloniais e de emancipação do Sul Global podem contribuir em formas de transpor as suas contradições, em formas de se prefigurar uma descolonialidade da relação sociedade-natureza. (AU)

Processo FAPESP: 17/01373-6 - As transformações da paisagem e o diálogo dos saberes como base para o manejo conservacionista do solo agrícola
Beneficiário:Jessica de Sousa Baldassarini
Modalidade de apoio: Bolsas no Brasil - Doutorado