Busca avançada
Ano de início
Entree


Proposta de padronização de método laboratorial para obtenção de dentina afetada por cárie

Texto completo
Autor(es):
Cynthia Soares de Azevedo
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: São Paulo.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Odontologia
Data de defesa:
Membros da banca:
Adriana Bona Matos; Maria Aparecida Alves de Cerqueira Luz; Ricardo Scarparo Navarro
Orientador: Adriana Bona Matos
Resumo

Este estudo se propôs a validar um protocolo para obtenção de dentina afetada por cárie, através do processo in vitro de desmineralização de dentina humana induzida por biofilme de Streptoccocus mutans (método microbiológico). A validação do protocolo foi realizada através de diferentes métodos diagnósticos: inspeção visual, radiografia digital, fluorescência a laser e sistema de tomografia por coerência óptica (OCT). Foram utilizados 48 molares humanos (24 erupcionados e 24 inclusos), que foram lixados na sua face oclusal para remoção do esmalte com exposição da dentina oclusal superficial, obtendo uma superfície plana. As raízes dos dentes foram removidas e os espécimes foram cortados no sentido vestibulo-lingual obtendo-se dois fragmentos que foram distribuídos aleatoriamente nos grupos experimentais. Os espécimes foram protegidos com verniz ácido resistente na metade da face oclusal (controle) e na outra metade foi produzida a lesão de cárie. Os grupos experimentais foram compostos a partir de 2 fatores de variação: tempo de desafio cariogênico (7, 14 e 21 dias) e tipo de dentina (proveniente de dentes inclusos ou erupcionados). Assim, formaram-se 6 grupos experimentais: com dentina proveniente de dentes erupcionados G1 (7 dias de desafio cariogênico), G2 (14 dias), G3 (21 dias); e com dentina proveniente de dentes inclusos G4 (7 dias), G5 (14 dias) e G6 (21 dias). Após os diferentes tempos de desafio cariogênico, os espécimes foram avaliados nas suas porções sadia e afetada por cárie utilizando diferentes métodos de diagnóstico e os resultados comparados. Através da inspeção visual comprovou-se a formação de dentina afetada por cárie uma vez que características do tecido como coloração amarelada, perda de brilho superficial e consistência borrachóide foram observadas. A radiografia digital foi capaz de detectar a presença de imagem sugestiva de lesão de cárie através de imagem radiolúcida. Três examinadores calibrados visualizaram todas as imagens obtidas através da inspeção visual e da radiografia digital e foram capazes de distinguir o tecido hígido do afetado por cárie. Foi aplicado o teste estatístico Exato de Fischer com nível de significância de 5% que confirmou não haver diferença entre os grupos tanto na inspeção visual (G1 e G4 - p=0,6, G2 e G5 - p=1 e G3 e G6 - p=1)como para a radiografia digital (G1 e G4 - p=1, G2 e G5 - p=1 e G3 e G6 - p=1). Tanto os valores de fluorescência a laser quanto os de profundidade de desmineralização (OCT) foram submetidos ao teste estatístico Análise de Variância (ANOVA) (p<0,05). Em relação aos valores obtidos via fluorescência a laser, pode-se observar que houve diferença estatisticamente significante para o fator tipo de substrato (p=0.001), sendo que os espécimes provenientes de dentes erupcionados apresentaram maior valor de fluorescência em relação aos espécimes provenientes de dentes inclusos. Quanto ao OCT, pode-se observar que não houve diferença estatisticamente significante para o fator tipo de substrato (p=0,163), para o fator tempo de desafio cariogênico (p=0,512) e para a interação entre os fatores (p=0,148). Por fim, eletromicrografias foram obtidas através de Microscopia Eletrônica de Varredura que confirmaram a presença do tecido afetado por cárie produzido artificialmente em todos os tempos de desmineralização testados, no entanto observou-se desmineralização superficial mais uniforme em dentina afetada por cárie proveniente de dentes inclusos. Assim, podemos concluir que 7 dias de desafio cariogênico é suficiente para obtenção de dentina afetada padronizada a ser utilizada em ensaios laboratoriais e que dentes inclusos forneceram um substrato dentinário mais adequado para utilização no protocolo proposto. (AU)

Processo FAPESP: 10/12910-3 - Proposta de padronização de método laboratorial para obtenção de dentina afetada por cárie
Beneficiário:Cynthia Soares de Azevedo
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado