Busca avançada
Ano de início
Entree


Método de análise de dados para avaliação de áreas urbanas recuperadas - uma abordagem utilizando a lógica fuzzy.

Texto completo
Autor(es):
Odair Barbosa de Moraes
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: São Paulo.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Escola Politécnica
Data de defesa:
Membros da banca:
Alex Kenya Abiko; Liang Yee Cheng; Maria Cristina Dias Lay; Sheila Walbe Ornstein; Marcos Jorge Almeida Santana
Orientador: Alex Kenya Abiko
Resumo

As grandes cidades brasileiras apresentam, atualmente, um quadro de desigualdades e segregação fruto de décadas de conflitos pela ocupação do solo urbano, principalmente por meio das invasões. O acesso à terra urbana tornou-se uma barreira social que exclui, dos bens e serviços básicos da urbanização, grande parcela da população das cidades. Diversas ações, ou intervenções, têm sido implementadas no ambiente urbano no sentido de contornar os problemas causados por este tipo de ocupação, desde a remoção das favelas até as urbanizações atuais. Do passado, ficaram as críticas às remoções e ao padrão de conjuntos habitacionais de periferias, construídos pelo Banco Nacional da Habitação (BNH). Das ações atuais, destacando-se as urbanizações de favelas, pouco se sabe sobre o seu desempenho. Acrescenta-se à preocupação de avaliar estas ações, a necessidade de agregar, neste processo, a opinião dos moradores sobre o habitat recuperado. A Avaliação Pós-Ocupação (APO) e os sistemas indicadores têm sido utilizados como importantes ferramentas para o provimento de informações sobre o ambiente construído em diferentes escalas. Embora estes métodos reconheçam a importância da opinião dos usuários no processo de avaliação, eles ainda encontram dificuldades ao tratar os conceitos subjetivos de qualidade. Se por um lado, as incertezas presentes neste tipo de informação têm imposto limitações às análises tradicionais, por outro, o surgimento de novas teorias e modelos que buscam incorporar as variadas formas de incerteza às análises propiciam a criação de novos campos de pesquisa: a Lógica Fuzzy é um destes novos campos de pesquisa. Assim, o objetivo deste trabalho é estabelecer um método de análise de dados para a obtenção de indicadores de qualidade ambiental urbana em áreas recuperadas, levando em conta a opinião dos moradores, utilizando ferramentas de Lógica Fuzzy. Para isto, buscou-se aliar as técnicas utilizadas para Avaliação Pós-Ocupação (APO) e sistemas indicadores com a Lógica Fuzzy para desenvolver ferramentas de análise, representando formalmente as informações vagas ou mal definidas presentes neste tipo de avaliação. O método obtido é divido em seis etapas: (i) definição de variáveis/indicadores; (ii) coleta de dados; (iii) identificação de pontos positivos e negativos; (iv) obtenção de indicadores quantitativos e qualitativos; (v) análise de resultados e; (vi) relatório de qualidade ambiental. Os resultados obtidos foram satisfatórios, onde se conseguiu agregar mais informação às análises realizadas. Os estudos desenvolvidos para a pesquisa piloto e para a validação do método em áreas do Programa Ribeira Azul revelaram grandes chances de sucesso das intervenções, mas também, problemas ainda não resolvidos que merecem atenção em projetos futuros. Por fim, recomenda-se a continuidade de pesquisas para o desenvolvimento de ferramentas baseadas na Lógica Fuzzy, visto o grande número de possibilidades de aplicações que se mostraram no decorrer desta pesquisa. (AU)

Processo FAPESP: 05/00456-8 - Metodo de analise de dados para avaliacao de areas urbanas recuperadas - uma abordagem atraves da logia fuzzy.
Beneficiário:Odair Barbosa de Moraes
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado