Busca avançada
Ano de início
Entree


Afinidades biológicas extra-continentais dos paleoíndios tardios de Lagoa Santa e suas implicações para a questão do povoamento do novo mundo: uma abordagem odontométrica

Texto completo
Autor(es):
Tatiana Leite Nunes
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: São Paulo.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Biociências
Data de defesa:
Membros da banca:
Walter Alves Neves; Claudia Rodrigues Ferreira de Carvalho; Sabine Eggers
Orientador: Walter Alves Neves
Resumo

Atualmente, quatro principais modelos discutem o Povoamento da América. O mais antigo defende a entrada de três levas migratórias (Greenberg et al., 1986), outro modelo, duas (Neves et al., 1989), o modelo genético, apenas uma (Bonatto & Salzano, 1997) e, recentemente, Gonzalez-José et al. (2008) apresentaram um modelo de fluxo continuo. O presente trabalho investigou as afinidades biológicas de uma população paleoíndia brasileira, a de Lagoa Santa, com antiguidade estimada entre 11.500-7.500 A.P., comparando-a a outras populações mundiais (Banco de Dados Hanihara). A investigação baseou-se em análise odontométrica (diâmetros dentários mesiodistais e bucolinguais). Os dentes apresentam alta herdabilidade, morfogênese estável, grande representatividade arqueológica e são pouco influenciados por fatores ambientais imediatos. As afinidades biológicas dos paleoíndios de Lagoa Santa foram exploradas por Análise Multivariada, com a aplicação de Análise de Componentes Principais e Matrizes de Dissimilaridade (Euclidianas e Mahalanobis), estas últimas visualizadas por Análises de Cluster e de Escalonamento Multidimensional. Diferentes sets de análises foram realizados, para ambos os sexos considerando-se tamanho e forma e somente forma. Os resultados apresentados demonstram uma forte tendência de diferenciação da população de Lagoa Santa em relação às populações nativas americanas tardias e atuais, associando-se mais fortemente com Polinésios e Sudeste Asiáticos. Estes resultados questionam a homogeneidade dos nativos americanos e apóiam fortemente o modelo dos Dois Componentes Biológicos Principais (Neves et al., 1989). (AU)

Processo FAPESP: 07/51947-7 - Afinidades biológicas extra continentais dos paleoíndios tardios de Lagoa Santa e suas implicações para a questão do povoamento do Novo Mundo: uma abordagem odontometrica
Beneficiário:Tatiana Leite Nunes
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado