Busca avançada
Ano de início
Entree


Filogenia do gênero Chironius (Serpentes, Colubridae) baseada em dados morfológicos e moleculares

Texto completo
Autor(es):
Julia Klaczko
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: São Paulo.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Biociências
Data de defesa:
Membros da banca:
Hussam El Dine Zaher; Francisco Luís Franco; Paulo Christiano de Anchietta Garcia; Sergio Russo Matioli; Miguel Trefaut Urbano Rodrigues
Orientador: Hussam El Dine Zaher
Resumo

Chironius, um dos maiores gêneros da subfamília Colubrinae na América do Sul, inclui 14 espécies, diagnosticadas pela presença de 10 ou 12 fileiras de escamas dorsais no meio do corpo. O gênero apresenta uma distribuição Neotropical, que se estende desde a costa norte de Honduras até o Uruguai e o nordeste da Argentina. Neste trabalho foi realizada uma análise filogenética combinada de 75 caracteres morfológicos e 1397 caracteres moleculares (provenientes das seqüências de dois genes mitocondriais, 12S e 16S, e um gene nuclear, c-mos) pelos métodos de máxima parcimônia e inferência bayesiana. A monofilia do gênero Chironius foi corroborada e os resultados obtidos sugerem que o gênero é dividido em 10 componentes monofiléticos. Os gêneros Drymobius, Leptophis e Dendrophidion são apontados como os mais relacionados à Chironius, corroborando trabalhos anteriores. Chironius laevicollis e C. scurrulus formam o clado mais basal entre as espécies, e sua distribuição restrita a América do Sul sugere que Chironius tenha tido origem neste continente e que posteriormente tenha invadido a América Central através de eventos de dispersão. (AU)

Processo FAPESP: 01/13758-1 - Morfologia cefálica e hemipeniana dos Colubrinae sul americana e suas implicações nas relações filogenéticas desta irradiação de colubrídeos do novo mundo (Serpentes; Colubroidae)
Beneficiário:Julia Klaczko
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado Direto