Busca avançada
Ano de início
Entree


Especialização produtiva do território e o circuito espacial produtivo de celulose em Eunápolis - BA

Texto completo
Autor(es):
Carolina Joly
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: São Paulo.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Data de defesa:
Membros da banca:
Maria Mónica Arroyo; Marcio Antonio Cataia; Armen Mamigonian
Orientador: Maria Mónica Arroyo
Resumo

O presente estudo analisa o processo de inserção do circuito espacial produtivo de celulose na região de Eunápolis, extremo sul da Bahia, através da implantação da empresa Veracel Celulose. Resultado de uma joint-venture entre as empresas Aracruz Celulose e a escandinava Stora Enso, o novo empreendimento conta com uma das maiores plantas industriais do circuito, além de uma área florestal própria, com cerca de cem mil hectares reflorestados, espalhados por dez municípios da região. O trabalho conclui que o recrudescimento da concentração fundiária, implicado pela massiva compra de terras pela empresa, e o grande contingente populacional de migrantes atraídos para Eunápolis com a sua instalação, não são compensados pelos empregos e tributos gerados pela Veracel, trazendo poucas vantagens para quem vivencia a região e o lugar. O discurso do desenvolvimento regional, como conclui a pesquisa, ainda não considera as desigualdades anteriormente impressas no território, ao contrário, só as tem aprofundado. (AU)

Processo FAPESP: 04/11321-3 - O circuito espacial produtivo de papel e celulose e o território brasileiro - o caso da veracel
Beneficiário:Carolina Joly Moreira
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado