Busca avançada
Ano de início
Entree


Expressão das proteínas N e P do vírus respiratório sincicial humano: estudos funcionais e de imunização.

Texto completo
Autor(es):
Fernando Moreira Simabuco
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: São Paulo.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Ciências Biomédicas
Data de defesa:
Membros da banca:
Armando Morais Ventura; Rita de Cassia Cafe Ferreira; Paulo Lee Ho; Marilis do Valle Marques; Nilson Ivo Tonin Zanchin
Orientador: Armando Morais Ventura
Resumo

O Vírus Respiratório Sincicial Humano é um vírus envelopado de RNA negativo e considerado o patógeno mais importante do trato respiratório de bebês e crianças. As proteínas virais N e P foram expressas em bactérias, purificadas e usadas para a produção de anticorpos policlonais em camundongos. Estudos in silico permitiram a predição de regiões desordenadas da proteína P, as quais foram identificadas por espectrometria de massa como regiões hiper sensíveis a proteases. A otimização dos genes N e P permitiu uma forte e eficiente expressão das proteínas N e P em células humanas. Vacinas de DNA contendo os genes otimizados foram testadas em camundongos e geraram forte resposta imune humoral. As proteínas N e P expressas em células humanas foram imunoprecipitadas e analisadas quanto a interações com proteínas celulares, identificadas por espectrometria de massa. A proteína P mostrou ser capaz de interagir com a HSP70. Por fim, um sistema Minigenoma alternativo, usando o promotor da RNA polimerase II, foi construído para o HRSV mas pouca ou nula atividade foi detectada. (AU)

Processo FAPESP: 03/11864-4 - Estudos de imunização e de estrutura das proteínas N e P do vírus sincicial respiratório humano e desenvolvimento de um sistema minigenoma
Beneficiário:Fernando Moreira Simabuco
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado Direto