Busca avançada
Ano de início
Entree


Determinação de manganês e zinco em spots protéicos de plasma de tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus) por SR-XRF e GFAAS após separação por 2D-PACE

Texto completo
Autor(es):
Felipe André dos Santos
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: Botucatu. 54 f.
Instituição: Universidade Estadual Paulista. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia de Botucatu.
Data de defesa:
Membros da banca:
Gustavo Rocha de Castro; Eduardo José de Arruda
Orientador: Pedro de Magalhães Padilha
Resumo

O presente trabalho teve como objetivo investigar a presença de manganês e zinco em “spots” protéicos de amostras de plasma de tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus) obtidos após separação das proteínas por eletroforese em gel de poliacrilamida em segunda dimensão (2D-PAGE) para posterior avaliação qualitativa e quantitativa utilizando fluorescência de raios-X com radiação síncrotron (SR-XRF) e espectrometria de absorção atômica em chama e em forno de grafite (FAAS/GFAAS). As análises dos espectros de fluorescência indicaram a presença de manganês e zinco em quatro e seis “spots” protéicos de plasma, respectivamente. Observou-se que os íons metálicos estão ligados em proteínas com massa molar na faixa de 19 a 70 kDa e com pI na faixa de 4,7 a 6,30. A concentração de manganês e zinco ligados a essas proteínas foi determinada por GFAAS após a mineralização ácida dos spots protéicos, encontrandose concentrações na faixa de 3,40 a 4,20 mg g-1 e 2,30 a 13,90 mg g-1, respectivamente (AU)

Processo FAPESP: 08/55903-7 - Avaliacao de calcio, ferro, manganes e zinco ligados e proteinas de plasma sanguineo de tilapia do nilo (oreochromis niloticus)
Beneficiário:Felipe André dos Santos
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado