Busca avançada
Ano de início
Entree


Diversidade das comunidades de peixes de riachos em função da estrutura da paisagem em microbacias da bacia do rio Corumbataí, SP

Texto completo
Autor(es):
Felipe Rossetti de Paula
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: Rio Claro. 185 f.
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Rio Claro).
Data de defesa:
Membros da banca:
Lílian Casatti; Maurício Cetra
Orientador: Silvio Frosini de Barros Ferraz; Pedro Gerhard
Resumo

Os peixes apresentam uma grande diversidade de espécies, sendo na região Neotropical onde se encontra o maior número de espécies de água doce. Entretanto, esta grande diversidade encontra-se ameaçada devido à degradação dos ecossistemas lóticos, principalmente pela alteração do habitat devido à destruição das florestas e fragmentação da rede hidrográfica. As florestas, principalmente as florestas ripárias, possuem funções ecológicas importantes para a estruturação dos riachos e das comunidades aquáticas. Por muito tempo, as florestas têm sido extensamente destruídas, sendo substituídas principalmente pelos usos agrícolas, ocasionando a destruição dos ecossistemas e da biodiversidade aquática. Além das alterações nas florestas, a presença de represamentos e cruzamentos de estradas gera impactos adicionais para os peixes ao romper a conectividade existente na rede hidrográfica. Os peixes possuem ciclos de vida complexos que dependem da complexidade estrutural do riacho e da conectividade entre trechos montante e jusante da rede. Portanto, a conservação das florestas e a manutenção da conectividade hidrológica são fatores importantes para a conservação das comunidades de peixes. Neste trabalho, avaliou-se a diversidade das comunidades de peixes de riachos em função das alterações na estrutura da paisagem florestal (composição e configuração) e da conectividade da rede hidrográfica em paisagens agrícolas. O estudo foi realizado em microbacias de 1ª a 4ª ordem pertencentes à bacia do rio Corumbataí. Diferenças nos índices de diversidade das comunidades foram testadas a partir da Análise de Variância considerando a estrutura da paisagem florestal em diferentes escalas espaciais (microbacia, rede de drenagem e trecho de coleta) e a conectividade da rede hidrográfica. As relações entre as variáveis da paisagem (estrutura da paisagem... (AU)

Processo FAPESP: 07/06794-8 - Avaliação da influência da estrutura da paisagem ripária e da conectividade da rede hidrográfica ná diversidade dè peixes dè riachos Èm microbacias da Bacia do Rio Corumbataí, SP
Beneficiário:Felipe Rossetti de Paula
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado