Busca avançada
Ano de início
Entree


Estimativas de (co) varância genética de pesos do nascimento até a maturidade em rebanhos da raça Nelore usando modelos de regressão aleatória e de características múltiplas

Texto completo
Autor(es):
Arione Augusti Boligon
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: Jaboticabal. 87 f.
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias.
Data de defesa:
Membros da banca:
Henrique Nunes de Oliveira; Cláudia Cristina Paro de Paz
Orientador: Orientadora: Lucia Galvão de Albuquerque; Coorientadora: Maria Eugênia Zerlotti Mercadante
Resumo

Foram estimados parâmetros genéticos para pesos do nascimento à idade adulta de animais da raça Nelore por meio de análises uni, bi e multicaracterísticas e modelos de regressão aleatória. Os dados utilizados são de animais nascidos de 1975 e 2002, provenientes de 8 fazendas participantes do Programa de Melhoramento Genético da Raça Nelore (PMGRN). Os pesos foram obtidos do nascimento aos 8 anos de idade. Nas análises uni, bi e multicaracterísticas foram utilizados pesos em idades padrão como nascimento, desmama, ano, sobreano e aos 2, 3 e 5 anos de idade. Também foram realizadas análises utilizando o peso mais próximo aos 4,5 anos de idade como indicativo de peso adulto, considerando uma única medida a partir de 2, 3 e 4 anos de idade ou como registros repetidos de pesos a partir dessas mesmas idades. Nas análises de regressão aleatória, foram utilizados pesos de fêmeas do nascimento aos 8 anos de idade, considerando como variáveis independentes polinômios de Legendre da idade na data da pesagem. A variância residual foi modelada por meio de classes variando de 1 a 5. Foram utilizados 8 modelos de coeficientes de regressão aleatória para os efeitos direto e materno de animal, e de ambiente permanente de animal e materno. O modelo multicaracterística, incluindo registros de pesos ao desmame e à seleção é o mais indicado para a avaliação genética de pesos pós-desmama. Em avaliações genéticas para a característica de peso adulto, o emprego de modelos de repetibilidade, considerando pesos a partir de 3 anos de idade, seria o mais adequado em relação à utilização de medida única... (AU)

Processo FAPESP: 06/54633-0 - Estimativas de (co)variância genética de pesos do nascimento até a maturidaade em rebanhos da raça Nelore usando modleos de regressão aleatória e de características múltiplas
Beneficiário:Arione Augusti Boligon
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado