Busca avançada
Ano de início
Entree


Determinação dos valores plasmáticos de osteopontina em cães com tumores mamários metastáticos ou não : correlações clínicas e anatomopatológicas

Texto completo
Autor(es):
Eduardo Garrido
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: Jaboticabal. 34 f.
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias.
Data de defesa:
Membros da banca:
Sabryna Gouveia Calazans; Aureo Evangelista Santana
Orientador: Antonio Carlos Alessi; Rosângela Zacarias Machado
Resumo

A osteopontina (OPN) é uma proteína produzida por diversas células e tem grande implicação com o desenvolvimento de tumores mamários e na disseminação de metástases em humanos. Em cães há poucos estudos envolvendo neoplasias e OPN. Neste trabalho objetiva-se determinar as concentrações de OPN sérica em cães sem a presença de tumores mamários (GC) ou com presença de carcinoma mamário ou carcinoma em tumor misto, com e sem metástase macro ou microscopicamente evidente. Utilizou-se o Ensaio Imunoenzimático Enzyme Linked Immunosorbent Assay (ELISA), a partir do plasma colhido antes e após a ressecção cirúrgica do tumor, em animais com neoplasia, e apenas em um momento (basal) nos animais sadios. As informações do ensaio, assim como os dados histopatológicos, hematológico e de bioquímica sérica foram confrontadas e analisadas por análise de variância e teste de Tukey. Os cães do GC obtiveram média de OPN de 2499 ± 1159 ng/d, com amplitude de referência entre 4770 e 227 ng/dL. Os cães com presença de tumor, quando em um único grande grupo, obtiveram uma diminuição significativa nos níveis plasmáticos de OPN, quando avaliado a densidade óptica. Quando o grupo se subdivide, em função do tipo histológico e/ ou presença de metástases, os resultados não evidenciam diferenças significativas nos níveis plasmáticos de OPN entre os animais sadios e os animais com neoplasias metastáticas ou não. A análise de correlação também não apresentou nenhum resultado significativo com os dados hematológicos ou de bioquímica sérica. Nas condições de realização deste ensaio, infere-se que, ao contrário ... (AU)

Processo FAPESP: 08/07087-6 - Determinação dos valores séricos de osteopontina em cães normais ou com carcinoma mamário metastático ou não. Correlações clínicas e anatomopatológicas.
Beneficiário:Eduardo Garrido
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado