Busca avançada
Ano de início
Entree


O fazer saber das danças afro : investigando matrizes negras em movimento

Texto completo
Autor(es):
Fernando Marques Camargo Ferraz
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: São Paulo. 291 f.
Instituição: Universidade Estadual Paulista. Instituto de Artes.
Data de defesa:
Membros da banca:
Helena Katz; Renata de Lima Silva
Orientador: Marianna Francisca Martins Monteiro
Resumo

Nesta pesquisa, analisa-se como coreógrafos e intérprete-criadores identificados com a linguagem da dança afro engendram os saberes dessa arte em suas práticas. Busca-se refletir como esse estilo se inscreve na história da dança brasileira por meio da indicação de linhagens artísticas e da reconstrução das trajetórias de seus personagens. Para tanto, compara-se as diversas perspectivas de seus criadores, vistos como interlocutores na construção de um conhecimento crítico sobre a dança afro. São abordadas as tensões entre suas formações artísticas, identidades sociais e posicionamentos no campo da produção cênica. Também procurou-se refletir sobre as negociações em torno dos engajamentos políticos dos artistas, seus vínculos com as tradições religiosas, o debate com a produção cênica contemporânea e as tensões entre os espaços institucionais onde as performances se realizam com intuito de rever estereótipos e identificar mediações responsáveis pela construção dinâmica de seus repertórios e particularidades (AU)

Processo FAPESP: 10/03673-8 - Um "saber" e um "fazer" na Dança-Afro Contemporânea: investigando um corpo em movimento.
Beneficiário:Fernando Marques Camargo Ferraz
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado