Busca avançada
Ano de início
Entree


Potenciais ações terapêuticas da associação melatonina-meloxicam sobre a cardiomiopatia chagásica crônica em ratos wistar infectados pela cepa Y de Trypanosoma cruzi

Texto completo
Autor(es):
Luiz Gustavo Rodrigues Oliveira
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Tese de Doutorado
Imprenta: Ribeirão Preto.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto
Data de defesa:
Membros da banca:
Jose Clovis do Prado Junior; Gabriela Silva Bisson; Fabiani Gai Frantz
Orientador: Jose Clovis do Prado Junior; Maria Dolores Bargues Castello
Resumo

O sistema imune do hospedeiro acometido pela doença de Chagas tem sido alvo de importantes pesquisas que podem favorecer avanços no entendimento dos mecanismos patogênicos relacionados à doença. No presente estudo, investigamos possíveis ações benéficas provenientes de efeitos anti-inflamatórios e antioxidantes da associação terapêutica (melatonina/meloxicam) sobre a cardiomiopatia chagásica crônica. Foram analisadas citocinas e outros mediadores envolvidos no processo inflamatório característico da infecção. Além disso, níveis plasmáticos de Creatina Fosfoquinase MB (CK-MB), número de focos inflamatórios no tecido cardíaco e análise do peso relativo do coração foram avaliados como fatores preditivos da redução dos danos no miocárdio após os diferentes tratamentos. Como modelo experimental, foram utilizados ratos wistar infectados pela cepa Y de T. cruzi e tratados ou não com melatonina, meloxicam, ou associação de ambos. As células inflamatórias e o parasitismo tecidual cardíaco foram avaliados por meio de técnica histológica. A técnica ELISA foi utilizada para detecção e quantificação de citocinas pró-inflamatórias e modulatórias no miocárdio e nos soros dos animais experimentais. Também foram investigados os níveis de nitrito produzidos por macrófagos e por células cardíacas dos grupos experimentais pela reação de Griess. Os parâmetros foram investigados durante a fase: crônica (90, 120 e 180) dias após a infecção. O estudo poderá contribuir para um melhor entendimento das respostas imunológicas anti-T. cruzi, bem como da patogenia da disfunção cardíaca chagásica crônica. (AU)

Processo FAPESP: 09/14070-5 - Potenciais ações terapêuticas da associação melatonina-meloxicam sobre a cardiomiopatia chagásica crônica em ratos Wistar infectados pela cepa Y de T. cruzi.
Beneficiário:Luiz Gustavo Rodrigues Oliveira
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado