Busca avançada
Ano de início
Entree


Indivisibilidades entre natureza, homem e expressão artística : a reflexão estética de Merleau-Ponty

Texto completo
Autor(es):
Fabiola Cristina Alves
Número total de Autores: 1
Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Instituição: Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Artes do Planalto.
Data de defesa:
Membros da banca:
Cauê Alves; Sérgio Mauro Romagnolo
Orientador: José Leonardo do Nascimento
Resumo

Esta dissertação investiga a noção de arte moderna presente na reflexão estética do filósofo Maurice Merleau-Ponty, partindo da hipótese de que tal noção está inclusa na meditação sobre as indivisibilidades entre a relação homem, natureza e expressão artística. Apresenta a concepção de arte e arte moderna concomitantemente à trajetória e ao discurso filosófico de Merleau-Ponty. Discorre sobre a tese do filósofo acerca do retorno ao mundo percebido, as indivisibilidades, o corpo vidente e visível, o sensível, a carne do mundo, a pintura, o Ser bruto, a Natureza, logos e a expressão. A partir desses temas, foram desenvolvidas leituras sobre os seguintes textos para dimensionar essa noção de arte moderna: “A dúvida de Cézanne”, “A expressão e o desenho infantil”, “A linguagem indireta”, “A linguagem indireta e as vozes do silêncio” e “O olho e o espírito”. Para compreender o pensamento de Merleau- Ponty aproximamos suas ideias a várias teorias da história e da filosofia da arte, a partir dos temas: o espírito moderno, as correspondências, a representação e a expressão. Por fim, destaca os principais valores e ideias que compõem a noção de arte moderna em Merleau- Ponty. (AU)

Processo FAPESP: 11/14206-4 - Indivisibilidades entre natureza, homem e expressão artística: a reflexão estética de Merleau-Ponty
Beneficiário:Fabíola Cristina Alves
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado