Busca avançada
Ano de início
Entree

Meire Aparecida Soldera

CV Lattes


Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Faculdade de Ciências Médicas (FCM)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Possuo graduação em Psicologia (Bacharelado e Licenciatura) pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1993), Aperfeiçoamento em Saúde Mental pela Universidade Estadual de Campinas (1997), Especialização em Dependência Química pela Universidade Federal de São Paulo (1999) e Doutorado em Ciências Médicas pela Universidade Estadual de Campinas (2001). Atualmente sou psicologa da Prefeitura Municipal de Campinas, atuando principalmente nos seguintes temas: prevenção DST/Aids, abuso de drogas, adolescentes, adultos e saúde mental. (Fonte: Currículo Lattes)

Bolsas no país
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 30/05/2020
3 Bolsas no país concluídas

Processos vinculados
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Publicações resultantes de Auxílios e Bolsas sob responsabilidade do(a) pesquisador(a) (1)

(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)

MEIRE SOLDERA; PAULO DALGALARRONDO; HELENO RODRIGUES CORRÊA FILHO; CLEIDE A M SILVA. Uso de drogas psicotrópicas por estudantes: prevalência e fatores sociais associados. Revista de Saúde Pública, v. 38, n. 2, p. -, . (00/02082-4)

Publicações acadêmicas

(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

SOLDERA, Meire Aparecida. Uso de drogas por estudantes de 1º e 2º graus na cidade de Campinas: prevalência e fatores sócio-democráticos, culturais e psicopatológicos associados.  358 f. Tese (Doutorado) -  Faculdade de Ciências Médicas.  Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP).  Campinas.  (00/02082-4

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: