Busca avançada
Ano de início
Entree

Denise de Araujo Alves

CV Lattes ORCID


Universidade de São Paulo (USP). Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Graduou-se em Biologia pela Universidade Mackenzie (2004) e obteve título de Doutora em Ecologia pelo Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo (2010). Em 2012, a CAPES lhe outorgou Menção Honrosa na área de Biodiversidade, no âmbito do Prêmio CAPES de Tese Edição 2011. Atualmente realiza Pós-Doutoramento na Universidade de São Paulo. Sua linha de pesquisa aborda aspectos biológicos, ecológicos e evolutivos das abelhas sociais, fornecendo subsídios para a criação, o uso sustentável e a conservação desses polinizadores. (Fonte: Currículo Lattes)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o(a) pesquisador(a)
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)
Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 26/11/2022
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Este canal da BV/FAPESP deve ser utilizado tão somente para mensagens, referentes aos projetos científicos financiados pela FAPESP.


 

 

 

 

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Videos relacionados aos auxílios à pesquisa e bolsas

Abelhas coordenam estratégia de defesa da colmeia


Publicado em 04 de setembro de 2018 - Agência FAPESP. As abelhas jataí (Tetragonisca angustula) apresentam uma estratégia de defesa de seus ninhos diferente da observada em outras espécies de insetos sociais. Um estudo feito por pesquisadores do Departamento de Entomologia e Acarologia da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo (Esalq-USP) e da University of Sussex, da Inglaterra, verificou que essas abelhas guardas em voo pairado se posicionam próximas à colônia de forma não aleatória.

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: