Busca avançada
Ano de início
Entree

Ilana Lopes Baratella da Cunha Camargo

CV Lattes ORCID


Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Física de São Carlos (IFSC)  (Instituição Sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil

Farmacêutica Bioquímica, Mestre em Ciências Farmacêuticas e Doutora em Biociências aplicadas a Farmácia, todos os títulos obtidos pela Universidade de São Paulo. Durante o Mestrado, realizou estágio no Departamento de Microbiologia do Biozentrum da Basel University (UNIBASEL) na Basiléia, Suíça. Durante o Doutorado, realizou estágio nas universidades Oklahoma University e Harvard Medical School, ambas nos Estados Unidos. Realizou pós-doutorado no Departamento de Bioquímica e Imunologia do Instituto de Ciências Biológicas na Universidade Federal de Minas Gerais em Belo Horizonte, Brasil; pós-doutorado na Juntendo University, em Tóquio - Japão e pós-doutorado no Departamento de Microbiologia do Instituto de Ciências Biológicas da UFMG. Hoje é Professora Associada -1 em Regime de Dedicação Integral à Docência e Pesquisa do Instituto de Física de São Carlos, Universidade de São Paulo, onde é responsável pelo Laboratório de Epidemiologia e Microbiologia Moleculares (LEMiMo). Atualmente, é editora associada ao Brazilian Journal of Microbiology, à Frontiers in Public Health e à Frontiers in Medicine. Atua também como revisora AdHoc de diversas revistas internacionais, da FAPESP e CNPq. Tem experiência na área de Microbiologia Molecular e sua linha de pesquisa inclui estudos epidemiológicos moleculares de patógenos bacterianos, estudos de mecanismos de resistência a antimicrobianos e busca a novas moléculas antibacterianas. Desde 2015 é Presidente da Comissão Interna de Biossegurança (CIBio - IFSC/USP). De 2016 a 2019, assumiu a coordenadoria da área de Infecção Hospitalar e de 2020 a 2021, assumiu a coordenadoria da área de Microbiologia Clínica, ambas da Sociedade Brasileira de Microbiologia (SBM). Em 2021, foi indicada pela SBM para integrar o Comitê Gestor do Comitê Brasileiro de Teste de Sensibilidade a Antimicrobianos (BrCast). A partir de 2022, passou a ser bolsista de Produtividade em Pesquisa Categoria 2. Ilana leva conhecimento sobre microbiologia para as crianças desde 2022, quando publicou dois livros infantis: "Clô, a bactéria" e "Biofilmes e a aventura de uma bactéria". Em 2023, compilou os textos que ilustram suas aulas de microbiologia básica no livro "Microbiologia com poema e poesia" (Fonte: Currículo Lattes)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o(a) pesquisador(a)
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)
Auxílios à pesquisa
Bolsas no país
Apoio FAPESP em números * Quantidades atualizadas em 20/07/2024
Colaboradores mais frequentes em auxílios e bolsas FAPESP
Contate o Pesquisador

Serviço temporariamente indisponível

Palavras-chave utilizadas pelo pesquisador
Videos relacionados aos auxílios à pesquisa e bolsas

SP Pesquisa - A medicina na floresta - 2º Bloco


Publicado em 15 de agosto de 2015 - SP Pesquisa - A medicina na floresta - 2º Bloco. O potencial medicinal da biodiversidade brasileira é incalculável e pode ter o caminho para o tratamento de inúmeras doenças. O desafio de realizar esse potencial e de transformar essa matéria-prima encontrada na natureza em fármacos é enfrentado pelo Centro de Pesquisa e Inovação em Biodiversidade e Fármacos (CIBFar), CEPID criado em 2013 e financiado pela FAPESP. Coordenado por Glaucius Oliva, ex-presidente do CNPq, e instalado no Instituto de Física de São Carlos da USP, o centro dá atenção especial à busca por tratamentos contra as chamadas doenças negligenciadas (assim chamadas porque normalmente atingem as populações mais pobres do planeta e, por isso, não atraem o interesse das companhias farmacêuticas), como leishmaniose, doença de Chagas e malária.

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador utilizando este formulário.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: