Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Vamos refletir sobre a prática? A aplicabilidade de uma ferramenta reflexiva para sustentar o raciocínio profissional em terapia ocupacional

Texto completo
Autor(es):
Laysla Demonari Gomes [1] ; Sabrina Helena Ferigato [2] ; Angélica da Silva Araujo [3] ; Maria Fernanda Barboza Cid [4] ; Taís Quevedo Marcolino [5]
Número total de Autores: 5
Afiliação do(s) autor(es):
[1] Universidade Federal de São Carlos - Brasil
[2] Universidade Federal de São Carlos - Brasil
[3] Universidade Federal de São Carlos - Brasil
[4] Universidade Federal de São Carlos - Brasil
[5] Universidade Federal de São Carlos - Brasil
Número total de Afiliações: 5
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: CADERNOS BRASILEIROS DE TERAPIA OCUPACIONAL-BRAZILIAN JOURNAL OF OCCUPATIONAL THERAPY; v. 30, 2022-03-11.
Resumo

Resumo Introdução A reflexão sobre a prática, na perspectiva da epistemologia da racionalidade prática, favorece o ganho de consciência sobre seus aspectos tácitos, como do raciocínio profissional. Estudos que focalizam a reflexão sobre a prática para sustentar o raciocínio profissional de terapeutas ocupacionais têm emergido; porém, eles ainda são incipientes, especialmente no Brasil. Objetivo Analisar o conteúdo e a aplicabilidade de uma ferramenta reflexiva para sustentar o raciocínio profissional no processo de análise situada das necessidades da pessoa em acompanhamento em terapia ocupacional. Método Pesquisa-ação, com participação de 11 terapeutas ocupacionais atuantes na Atenção Básica à Saúde, desenvolvida com as seguintes etapas: elaboração prévia da ferramenta; utilização da ferramenta pelas participantes e análise de seu conteúdo e estrutura; entrevistas individuais após a utilização; análise descritiva e temática; adequação da ferramenta; oficinas de validação; e construção da versão final da ferramenta. Resultados As modificações sugeridas abarcaram alterações de termos, acréscimos e integração de diferentes domínios. A versão final da ferramenta se estruturou em 20 questões, organizadas em sete domínios. As possibilidades de aplicabilidade foram: dar visibilidade para as especificidades da terapia ocupacional no trabalho em equipe; possibilitar a reflexão sobre a prática e melhorar o raciocínio profissional; utilizar a ferramenta em outros contextos de prática e no ensino da prática profissional. Conclusão A ferramenta apresenta aplicabilidade prática, contribuindo para fortalecer o núcleo profissional em terapia ocupacional e o diálogo interprofissional, facilitando a reflexão sobre a prática e ampliando a consciência sobre processos de raciocínio profissional. (AU)

Processo FAPESP: 17/03195-8 - Comunidade de prática: a prática de terapeutas ocupacionais em serviços de atenção primária à saúde com foco na saúde mental
Beneficiário:Taís Quevedo Marcolino
Modalidade de apoio: Auxílio à Pesquisa - Regular