Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Depressão e qualidade de vida em mães de crianças com transtornos invasivos do desenvolvimento

Texto completo
Autor(es):
Fávero-Nunes, Maria Ângela [1] ; Santos, Manoel Antônio dos
Número total de Autores: 2
Afiliação do(s) autor(es):
[1] Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto - Brasil
Número total de Afiliações: 2
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Revista Latino-Americana de Enfermagem; v. 18, n. 1, p. 33-40, 2010.
Área do conhecimento: Ciências Humanas - Psicologia
Assunto(s):Tratamento psicológico   Transtorno autístico   Qualidade de vida   Relações mãe-filho   Depressão   Crianças
Resumo

O objetivo do estudo foi avaliar a prevalência de disforia/sintomas depressivos em mães de crianças com transtorno autístico e identificar possíveis relações com qualidade de vida e características sociodemográficas. Trata-se de estudo exploratório, descritivo e transversal, conduzido com 20 mães, por meio da aplicação de questionário do perfil sociodemográfico e da versão brasileira do Inventário de Depressão de Beck (BDI) e da forma abreviada da Escala de Qualidade de Vida WHOQOL-Bref. Os resultados mostraram que 15% das mães preencheram os critérios para disforia/depressão; 70% avaliaram favoravelmente sua qualidade de vida global, todavia, apenas 40% delas estavam satisfeitas com sua saúde. O domínio físico (média=69,4) foi o melhor apreciado e o pior foi o ambiental (média=60,8). A qualidade de vida se associou positivamente com renda familiar e nível de instrução e, negativamente, com depressão. Considerando-se os resultados obtidos, são sugeridos novos estudos que aprofundem, especialmente, as variáveis que não se mostraram significativas. (AU)

Processo FAPESP: 02/11665-9 - A sobrecarga emocional no cuidador familiar de crianças que exigem cuidados especiais
Beneficiário:Maria Ângela Favero Nunes
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado