Busca avançada
Ano de início
Entree

EMU concedido no processo 2015/03333-6: equipamento de bioimpedância ImpediMed ImpTM SFB7

Processo: 19/07717-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Equipamentos Multiusuários
Vigência: 01 de agosto de 2019 - 31 de julho de 2026
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Pesquisador responsável:Patricia Helen de Carvalho Rondó
Beneficiário:Patricia Helen de Carvalho Rondó
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/03333-6 - Relação entre adiposidade materna e adiposidade do concepto nos períodos fetal, neonatal e no primeiro ano de vida: estudo prospectivo de base populacional, AP.TEM
Página web do EMU: Página do Equipamento Multiusuário não informada
Agendamento de uso: E-mail de agendamento não informado

Resumo

Este projeto faz parte de um estudo coorte prospectivo de base populacional (processo 2015/03333-6) que visa avaliar o estado nutricional, composição corporal e fatores metabólicos de mulheres nos 3 trimestres da gestação e relacionar com adiposidade do feto, neonato e criança no primeiro ano de vida. Duas mil (2000) mulheres atendidas no pré-natal das 33 Unidades de Saúde de Araraquara, SP, estão sendo acompanhadas nos 3 trimestres da gestação até nascimento dos conceptos, investigados mensalmente até 6 meses de idade e trimestralmente até 1 ano de idade. Para avaliação da composição corporal do feto, neonato e criança com 1 ano de vida serão utilizados respectivamente, ultrasonografia, pletismografia e bioimpedância (BIA). A BIA da criança será avaliada pelo equipamento ImpediMed Imp TM SFB7 e comparada com densitometria de dupla emissão (DXA), em uma sub-amostra de crianças. O impacto dos fatores maternos investigados na adiposidade do feto, neonato e criança serão analisados por regressão linear múltipla e métodos recentes para análise de dados longitudinais e de modelagem multivariada. (AU)