Busca avançada
Ano de início
Entree

Estruturação de processo decisório, visando à priorização de área em Programas de Serviços Ecossistêmicos hídricos.

Processo: 18/21612-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2019 - 31 de julho de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia
Pesquisador responsável:Roberta Averna Valente B Tolini
Beneficiário:Roberta Averna Valente B Tolini
Instituição-sede: Centro de Ciências e Tecnologias para a Sustentabilidade (CCTS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Sorocaba , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):20/04759-5 - Avaliação dos remanescentes florestais à conservação da biodiversidade, BP.TT
19/21066-6 - Avaliação dos remanescentes florestais à conservação da biodiversidade, BP.TT
19/18360-0 - Avaliação espaço-temporal da estrutura florestal de uma paisagem agrícola, BP.TT
Assunto(s):Recursos hídricos  Sistema de informação geográfica (SIG)  Geoprocessamento 

Resumo

A água é um dos Serviço Ecossistêmico (SE) sob maior pressão, na atualidade, em função de sua distribuição desigual no planeta. Por isso, tem-se como área de estudo uma bacia hidrográfica que sofre com a questão do conflito do uso do solo e a necessidade de abastecimento hídrico da população e, ainda, que tem em seus limites microbacias experimentais, das quais já se tem dados de qualidade e quantidade de água. Nesse contexto, pretende-se estruturar um Sistemas de Apoio à Decisão (SAD), que permita identificar locais prioritários, em paisagens agrícolas, para a implementação de Programas de SE hídricos. Isso considerando-se as hipóteses de que microbacias com maior quantidade de floresta devem ser prioritárias em Programa de SE, variando seu nível de prioridade de acordo com suas características intrínsecas; e que os remanescentes florestais de melhor qualidade estão em microbacias com melhor qualidade de água, as quais devem estar associadas aos maiores níveis de prioridade à implementação de projetos para SE hídrico. O SAD será desenvolvido, no ambiente dos Sistemas de Informações Geográficas, no contexto da Avaliação Multicriterial (AMC), baseando-se no método da Média Ponderada Ordenada (MPO). São objetivos específicos do projeto definir critérios que considerem a prerrogativa de conservação florestal e, ainda, representem os componentes solos, relevo e água da paisagem; avaliar a Técnica Participatória, de modo presencial e não-presencial, na definição dos critérios de priorização de áreas; avaliar o método da MPO no agrupamento dos critérios; avaliar a relação entre nível de prioridade, qualidade e quantidade de água de microbacias; avaliar os remanescentes florestais em microbacias classificadas como prioritárias a PSE; e por fim, estruturar um método de validação desse processo decisório (i.e. SAD). (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE MELLO, KALINE; TANIWAKI, RICARDO HIDEO; DE PAULA, FELIPE ROSSETTI; VALENTE, ROBERTA AVERNA; RANDHIR, TIMOTHY O.; MACEDO, DIEGO RODRIGUES; LEAL, CECILIA GONTIJO; RODRIGUES, CAROLINA BOZETTI; HUGHES, ROBERT M. Multiscale land use impacts on water quality: Assessment, planning, and future perspectives in Brazil. Journal of Environmental Management, v. 270, SEP 15 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.