Busca avançada
Ano de início
Entree

Qual é a janela de resposta de tempo ideal para o uso da terapia de fotobiomodulação combinada com campo magnético estático (PBMT-sMF) para a melhoria do desempenho do exercício e recuperação, e por quanto tempo os efeitos duram? Um ensaio controlado, ale

Resumo

Contexto: A janela tempo-resposta ideal para terapia de fotobiomodulação (TFBM) usando laserterapia de baixa potência (LBP) e / ou terapia com diodos emissores de luz (LEDT) combinada com campo magnético estático (CME) antes da atividade física ainda não foi totalmente investigada. O objetivo do presente estudo foi investigar a melhor dentre quatro janelas de tempo-resposta para o uso de TFBM combinada com CME (TFBM-CME) previamente ao exercício em humanos.Métodos: Foi realizado um ensaio clínico registrado prospectivamente, aleatorizado, triplo-cego (voluntários, terapeutas e avaliadores) e placebo-controlado. Sessenta indivíduos saudáveis do sexo masculino não treinados foram alocados aleatoriamente em seis grupos experimentais (n = 10 por grupo): TFBM-CME 5 minutos, TFBM-CME 3 h, TFBM-CME 6 h, TFBM-CME 1 dia, placebo, e controle. O grupo controle realizou todos os procedimentos, porém não recebeu nenhum tipo de intervenção. TFBM-CME ativo ou TFBM-CME placebo foi aplicada precisamente em diferentes janelas temporais após o teste de contração voluntária máxima (CVM) basal para garantir que os testes de CVM e o protocolo de exercício excêntrico ocorressem na mesma hora do dia em todos os grupos. Em seguida, após cinco minutos, 3 h, 6 h ou 1 dia (24 h) de tratamento com TFBM-CME (ativo ou placebo) o protocolo de exercício excêntrico foi realizado. O desfecho primário foi o pico de torque obtido através da CVM. Os desfechos secundários foram atividade de creatina quinase (CK) e dor muscular de início tardio (DMIT). Os desfechos primários e secundários foram avaliados anteriormente (linha de base), imediatamente após, 1 h, 24 h, e 48 h após o protocolo de exercício excêntrico.Resultados: Sessenta pacientes foram aleatorizados e analisadospara cada um dos desfechos. Os resultados em valores absolutos demonstraram que todos os grupos TFBM-CME ativos aumentaram (p<0,05) a CVM imediatamente após e 1 h após o exercício excêntrico e diminuíram (p<0,05) a atividade de CK em todos os timepoints testados. No entanto, os grupos TFBM-CME 5 min, 3 h, e 6 h mostraram melhores resultados na análise de CVM e CK em 24 h a 48 h, e também para DOMS (p <0,05) em todos os timepoints. Os participantes não relataram quaisquer eventos adversos.Conclusões: TFBM-CME pode ser utilizada de 5 min a 6 h previamente ao exercício, e os efeitos podem durar até 54 h após o tratamento. No entanto, os efeitos começam a diminuir quando uma janela de tempo resposta de 1 dia (24 h) é utilizada. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio: