Busca avançada
Ano de início
Entree

Fototerapia no processo de recuperação pós-exercício e performance: um ensaio clínico randomizado por amostra estratificada, duplo cego, placebo-controlado

Processo: 17/04911-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de maio de 2017
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Carlos Marcelo Pastre
Beneficiário:Malu dos Santos Siqueira
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/25220-9 - Fototerapia no processo de recuperação pós-exercício e performance: um ensaio clínico randomizado por amostra estratificada, duplo cego, placebo-controlado, AP.R
Assunto(s):Desempenho atlético   Fototerapia   Exercício físico   Amostragem estratificada   Método duplo-cego   Placebos

Resumo

Estudos recentes têm demonstrado resultados positivos na aplicação da fototerapia para a melhora da performance e aceleração do processo de recuperação tanto na aplicação antes quanto após o exercício. Assim, torna-se relevante a investigação do efeito da fototerapia ajustada ao tipo de treinamento, explorando os efeitos observados na aplicação antes e após o exercício. Objetivo: analisar e comparar o efeito de um protocolo especial de fototerapia utilizando diferentes fontes de luz (laser super-pulsado e LEDs) interagindo com um treinamento combinado. Método: o estudo será composto por 45 participantes do sexo masculino, alocados a partir de uma randomização estratificada em três grupos: controle (n=15), placebo (n=15) e grupo fototerapia protocolo especial (n=15). Os participantes serão submetidos a um treinamento combinado de sprints e agachamento a ser realizado duas vezes por semana por doze semanas. A aplicação da fototerapia e placebo será administrada na fase 2 de treinamento, após o treino de sprints e imediatamente antes o treino de agachamento. Serão investigados marcadores funcionais, clínicos, sanguíneo e autonômicos. A distribuição de normalidade dos marcadores funcionais será testada pelo teste Komolgorov-Smirnov. No caso de distribuição normal será utilizado o teste t de Student para amostras independentes e teste t de Student paramétrico de duas amostras independentes, no caso de amostra não-normal. Para os demais marcadores, a esfericidade dos dados será testada pelo teste de Mauchly. No caso de violação do pressuposto de esfericidade, será utilizada a correção de Greenhouse-Geisser. Os dados serão analisados utilizando a Análise de Variância para Medidas Repetidas (pós-teste de Bonferroni), o qual fornecerá informações sobre os efeitos de tempo, grupo e interação. Toda a análise estatística assumirá o nível de significância de 5%. (AU)