Busca avançada
Ano de início
Entree

Teorias de calibre e temperatura finita

Processo: 04/10804-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de março de 2005 - 28 de fevereiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física das Partículas Elementares e Campos
Pesquisador responsável:Josif Frenkel
Beneficiário:Josif Frenkel
Instituição-sede: Instituto de Física (IF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesquisadores principais:Fernando Tadeu Caldeira Brandt
Auxílios(s) vinculado(s):08/50695-7 - Ashok Kumar Das | University of Rochester - Estados Unidos, AV.EXT
06/51748-1 - Ashok Kumar Das | University of Rochester - Estados Unidos, AV.EXT
05/52534-2 - Ashok Kumar Das | University of Rochester - Estados Unidos, AV.EXT
Assunto(s):Teoria de campos  Teoria de Gauge  Alta temperatura  Eletrodinâmica quântica  Cromodinâmica quântica 

Resumo

As teorias de calibre, tais como a Eletrodinâmica Quântica, a Cromodinâmica Quântica ou a Teoria Quântica da Gravitação, são a base para a descrição das interações fundamentais das partículas elementares. No regime de altas temperaturas, a estrutura básica da matéria é constituída por um plasma de léptons e quarks, que interagem pela troca de fótons e gluons. A dinâmica destas partículas é descrita por teorias de campos que são caracterizados por uma simetria sob transformações de calibre.Este projeto de pesquisa, que representa um desenvolvimento do projeto anterior, visa estudar diversos processos relevantes no contexto das Teorias de Calibre. Um aspecto que gostaríamos de investigar está relacionado com as teorias de calibre não-comutativas, onde o parâmetro da não-comutatividade é normalmente caracterizador por uma grandeza constante. Pretendemos generalizar estas teorias para o importante caso onde o parâmetro da não-comutatividade é uma função local que depende das coordenadas. Alem disso, gostaríamos de analisar a estrutura da Cromo dinâmica Quântica no calibre do cone de luz, onde os gluons que intermedeiam as interações fortes tem somente graus físicos de liberdade. Pretendemos determinar todas as simetrias residuais de calibre desta teoria, que fixam completamente a estrutura do propagador de gluons. Finalmente, gostaríamos de investigar as propriedades das teorias quânticas num espaço gravitacional de Sitter, que é consistente com os resultados recentes de medidas astronômicas. Em particular, pretendemos estudar a estrutura do vácuo e as propriedades destas teorias à temperatura finita. (AU)