Busca avançada
Ano de início
Entree

Searching high-redshift large-scale structures: photometry of four fields around Quasar pairs at z ~ 1

Processo: 07/06588-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de novembro de 2007 - 30 de junho de 2008
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Astronomia - Astrofísica Extragaláctica
Pesquisador responsável:Laerte Sodré Junior
Beneficiário:Laerte Sodré Junior
Instituição-sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Aglomerados de galáxias  Formação e evolução da galáxia 

Resumo

Determinamos a primeira função de luminosidade de um grupo fóssil baseado em espectroscopia de suas galáxias membro. O grupo fóssil RX J1552.2+2013 tem 36 membros confirmados, redshift médio de 0.136 e dispersão de velocidades de 623 km/s. A função de luminosidade de RX J1552.2+2013, medida na região interna do sistema, é bem ajustada por uma função de Schecther com M*i'=-21.3 e alfa=-0.6, ou por uma gaussiana centrada em Mi'=-20.0 com sigma=1.29 i' mag. A função de luminosidade obtida fotometricamente nas bandas g', r', i' (e corrigidas estatisticamente de contaminação) confirmam os resultados espectroscópicos. Há um 'dip' significativo na função de luminosidade em Mr'=-18 mag, como observado em outros aglomerados. RX J1552.2+2013 é um sistema rico, dominado por galáxias vermelhas, com pelo menos 19 galáxias entre m_3 e m_3+2 dentro da área amostrada de 625 kpc de raio centrada no pico da emissão de raios-X. Sua massa, ~3×10^14 Msol, M/L de 507 Msol/LBsol, e LX de 6.3×10^43 erg/s (bolometrica) são mais representativas de um aglomerado fóssil que de um grupo fóssil. O objeto central do grupo é uma galáxia cD que pode ter acretado as galáxias mais luminosas (~L*) do grupo. Para as galáxias mais fracas possivelmente destruição por forças de maré é o mecanismo responsável pela falta de galáxias com luminosidades intermediárias (Mr'~-18) no grupo. (AU)