Busca avançada
Ano de início
Entree

Clonagem, expressão e estudo de especificidade das calicreínas teciduais humanas hK5 e hK7

Processo: 06/53607-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência: 01 de janeiro de 2007 - 31 de julho de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Enzimologia
Pesquisador responsável:Luciano Puzer
Beneficiário:Luciano Puzer
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):07/04339-1 - Clonagem e expressão das calicreínas teciduais humanas KLK1 e KLK6, e de uma serpina do Sphenophorus levis, BP.IC
07/07776-3 - Clonagem, expressão e caracterização da atividade inibitória de uma serpina de cana-de-açúcar, BP.IC
07/50438-1 - Clonagem, expressão e estudo de especificidade das calicreínas humanas hK5 e hK7, BP.JP
Assunto(s):Proteínas sanguíneas  Calicreína  Peptídeos  Clonagem  Enzimas 
Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Investindo...pesquisadores_82_98_98.pdf

Resumo

As calicreínas humanas hK5 e hK7 fazem parte de uma família de 15 serino-peptidases (hK1-hK15) que, à exceção de hK1, hK2 e hK3, foram recentemente identificadas e caracterizadas como calicreínas. Pouco se conhece sobre a especificidade dessas enzimas, mas alguns dados experimentais sugerem que hK5 e hK7 podem estar participando ativamente de processos fisiopatológicos relacionados à descamação da pele. Portanto, a caracterização de suas especificidades é crucial, não apenas para mapear os sítios de interação enzima/substrato, como também para o desenvolvimento de substratos e/ou inibidores específicos e/ou seletivos para ambas as enzimas. Pretende-se clonar e expressar hK5 e hK7 usando dois vetores de expressão, pET-28a(+) e pPIC9K. O primeiro vetor será usado para produzir as enzimas em células de E. coli, visando à produção de anticorpos monoclonais. As enzimas usadas no estudo de especificidade serão produzidas com o vetor pPIC9K em células de P. pastoris. A caracterização da especificidade das hK5 e hK7 será feita com o uso de peptídeos com supressão intramolecular de fluorescência, baseados na sequência de referência Abz-KLRSSKQEDDnp, que tem se mostrado eficiente no estudo de outras peptidases. Com os dados cinéticos obtidos a partir do estudo de especificidade, a pesquisa se empenhará no desenvolvimento de substratos fluorescentes seletivos e/ou específicos para as hK5 e hK7. Além disso, usando bibliotecas de inibidores de serino-peptidases, pretende-se buscar inibidores seletivos e/ou específicos para essas enzimas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TEIXEIRA, THIAGO S. P.; FREITAS, RENATO F.; ABRAHAO, JR., ODONIRIO; DEVIENNE, KARINA F.; DE SOUZA, LUCAS R.; BLABER, SACHICO I.; BLABER, MICHAEL; KONDO, MARCIA Y.; JULIANO, MARIA A.; JULIANO, LUIZ; PUZER, LUCIANO. Biological evaluation and docking studies of natural isocoumarins as inhibitors for human kallikrein 5 and 7. Bioorganic & Medicinal Chemistry Letters, v. 21, n. 20, p. 6112-6115, OCT 15 2011. Citações Web of Science: 34.
FONSECA, FERNANDO P. P.; IKE, PRISCILA T. L.; ASSIS, DIEGO M.; ICIMOTO, MARCELO Y.; JULIANO, MARIA A.; JULIANO, LUIZ; PUZER, LUCIANO; HENRIQUE-SILVA, FLAVIO. Leviserpin: A Serine Peptidase Inhibitor (Serpin) from the Sugarcane Weevil Sphenophorus levis. The Protein Journal, v. 30, n. 6, p. 404-412, AUG 2011. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.